Cultura e Lazer, Município

Estão abertas as portas da "cidade do Rock"

23, Junho 2018
O parque da Bela Vista volta a ser a partir de hoje, a “cidade do Rock”. Começou a 8ª Edição do Rock in Rio Lisboa.
  • Estão abertas as portas da "cidade do Rock"
    Estão abertas as portas da "cidade do Rock"

Durante quatro dia, 23, 24, 29 e 30 de junho, a musica não vai faltar numa edição com muitas novidades.

Na abertura oficial, daquele que José Sá Fernandes considera ser "o festival mais sustentável de Lisboa feito para e com os cidadãos da cidade" e no rescaldo da vitória da Lisboa, como Capital Verde da Europa em 2020 o Vereador responsável pelo pelouro da Estrutura Verde da CML considera que 15 anos depois o Rock in Rio está mais sustentável e será ainda mais daqui a quarto anos.

"Vamos mostrar uma cidade mais sustentável que inspira os outros" garante.

Roberta Medina, vice-presidente executiva do Rock in Rio, destaca a evolução do festival na área do entretenimento mantendo a missão de unir pessoas, "numa Lisboa com um brilho internacional maior do que há 15 anos. Hoje quando falamos de Lisboa as pessoas quem estar no Rock in Rio porque é em Lisboa e isso é a grande diferença".

As novidades

Nesta 8ª edição as portas abrem mais cedo, às 12h00, e não faltam algumas das atrações mais concorridas de anos de anteriores. A roda gigante vai ser maior e no“slide” vai ser possível agendar através de uma aplicação móvel.

Este ano, o festival tem como cabeças de cartaz Muse, Bruno Mars, The Killers e Katy Perry, entre muitos outros que sobem ao Palco Mundo a partir das 18h30.

Para dia 29 está reservada uma homenagem ao musico Zé Pedro, dos Xutos e Pontapés.

Pela primeira vez, haverá um palco dedicado ao “mundo digital” com 36 horas de entretenimento de mais de 100 “ influenciadores digitais. 

Este ano, a ‘cidade do rock’ terá também um espaço dedicado ao cinema, que vai acolher várias ‘performances’ finais de campeonatos de jogos de vídeo, um Dino Parque e uma réplica, em tamanho real de uma das naves da saga “Guerra das Estrelas”.

Pelo palco Music Valley, haverá música todos os dias, entre as 12:30 e as 02:00, e à semelhança de anos anteriores  a dança também terá um espaço no Parque da Bela Vista. A programação do palco Rock Street deste ano tem como tema “África no Mundo e o Mundo em África”.

Outras novidades deste ano são um espaço com 14 restaurantes que conta com mais de 70 moldes de mãos de artistas que atuaram no Rock in Rio.

Vá de transportes públicos

A câmara de Lisboa e o organização apelam aos espectadores que de desloquem ao recinto de transportes públicos

A Carris reforçará as carreiras, e o metropolitano manterá abertas, até às 03:00, 30 estações das diferentes linhas numa operação de mobilidade que envolve envolve 12 operadores de transportes, abrangência geográfica nacional.

Array
Mais notícias sobre:
Cultura e Lazer, Município