Avenidas Novas, Cultura e Lazer, Município

Exposição assinala primeiras Eleições Presidenciais livres

27, Junho 2016

Com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, foi hoje inaugurada na Fundação Calouste Gulbenkian, a exposição “40 Anos Eleições Presidenciais – Um Presidente para todos os Portugueses”.

Fernando Medina, presidente da autarquia, visitou a galeria onde está agora retratado "um dos mais intensos e decisivos momentos da História recente de Portugal". A exposição, no piso 0 da Fundação – "palco do escrutínio final das eleições", e local onde "os candidatos proferiram as suas declarações" – está patente ao público até 27 de julho, com entrada gratuita.

A cerimónia de inauguração foi antecedida por uma homenagem ao General Ramalho Eanes, primeiro chefe de Estado democraticamente eleito – e o mais jovem de sempre, com 41 anos – em 1976. Eanes recebeu, das mãos do atual Presidente, Marcelo Rebelo de Sousa, o Grande-Colar da Ordem do Infante Dom Henrique, o mais alto grau da Ordem.

Otelo Saraiva de Carvalho, um dos quatro candidatos à eleição presidencial de 1976, marcou presença na cerimónia. José Pinheiro de Azevedo, falecido em 1983, e Octávio Pato, falecido em 1999, foram também candidatos às primeiras eleições para a Presidência da República, após o 25 de Abril de 1974.

Entre os convidados, da "cerimónia que encerra o conjunto das iniciativas promovidas pela Presidência da República para assinalar a efeméride", destaque para os Chefes de Estado da Guiné Bissau e Cabo Verde, os ex Presidentes Jorge Sampaio e Cavaco Silva, o presidente da Assembleia da Republica, Ferro Rodrigues, e membros do Governo.