Cultura e Lazer, Investir

Festival da Inovação e Criatividade na FIL

14, Novembro 2013
  • Festival IN – Festival Internacional de Inovação e Criatividade
    Festival IN – Festival Internacional de Inovação e Criatividade
  • Festival IN - Fátima Vila Maior, Maria João Rocha de Matos, Catarina Vaz Pinto e Eduardo Brito Henriques
    Festival IN - Fátima Vila Maior, Maria João Rocha de Matos, Catarina Vaz Pinto e Eduardo Brito Henriques
  • Festival IN - Catarina Vaz Pinto
    Festival IN - Catarina Vaz Pinto
  • Festival IN - Fátima Vila Maior (AIP), Maria João Rocha de Matos (AIP), Catarina Vaz Pinto
    Festival IN - Fátima Vila Maior (AIP), Maria João Rocha de Matos (AIP), Catarina Vaz Pinto
  • Festival IN - Rui Ventura, presidente da APPM
    Festival IN - Rui Ventura, presidente da APPM
  • Festival IN - Eduardo Brito Henriques
    Festival IN - Eduardo Brito Henriques
  • Festival IN - Catarina Vaz Pinto, Maria João Rocha de Matos e Fátima Vila Maior
    Festival IN - Catarina Vaz Pinto, Maria João Rocha de Matos e Fátima Vila Maior
  • Festival IN - Catarina Vaz Pinto e Eduardo Brito Henriques
    Festival IN - Catarina Vaz Pinto e Eduardo Brito Henriques
  • Festival IN - Catarina Portas e Catarina Vaz Pinto
    Festival IN - Catarina Portas e Catarina Vaz Pinto
  • Festival IN - Plateau Lisboa Criativa
    Festival IN - Plateau Lisboa Criativa
  • Graça Fonseca
    Graça Fonseca
  • Festival IN - Fablab
    Festival IN - Fablab
  • Festival IN - Plateau Lisboa Criativa
    Festival IN - Plateau Lisboa Criativa
  • Festival IN - Fablab
    Festival IN - Fablab
  • Festival IN - Fablab
    Festival IN - Fablab
  • Festival IN – Festival Internacional de Inovação e Criatividade
    Festival IN – Festival Internacional de Inovação e Criatividade
  • Festival IN – Festival Internacional de Inovação e Criatividade
    Festival IN – Festival Internacional de Inovação e Criatividade
  • Festival IN – Festival Internacional de Inovação e Criatividade
    Festival IN – Festival Internacional de Inovação e Criatividade

A Feira Internacional de Lisboa (FIL) recebeu dia 14 de novembro, a primeira edição do Festival IN - Festival Internacional da Inovação e Criatividade – transformando, durante 4 dias, a capital portuguesa num pólo convergente das indústrias criativas mundiais e mostrando o que de melhor se faz no país a este nível. 

Coube à Associação Portuguesa dos Profissionais de Marketing (APPM) promover a conferência inaugural do Festival IN – Life is a Remix. Catarina Vaz Pinto, vereadora da Cultura da CML, Maria João Rocha de Matos, da AIP – Feiras Congressos e Eventos, e Eduardo Brito Henriques, presidente da direção do POR Lisboa, convergiram na convicção de que esta realização constitui um forte contributo para as indústrias culturais e criativas de Lisboa e do País.

 

Lisboa cidade competitiva e inovadora

Catarina Vaz Pinto sublinhou a importância para a autarquia em participar no evento e “o esforço que esta tem feito para posicionar Lisboa como uma cidade criativa e um local onde existem condições competitivas para o desenvolvimento de atividades inovadoras”. São exemplo disso “a criação de várias startups, como a Startup Lisboa, um projeto com um enorme sucesso que lançou já dezenas e dezenas de empresas no mercado”. 

A vereadora lembrou ainda o Fablab Lisboa, um laboratório de prototipagem rápida destinado à experimentação e criação de novos produtos, através do qual “a autarquia procura também atrair pessoas criativas para a nossa cidade, quer artistas quer outros criativos”.

A organização prevê receber cerca de 60 mil visitas durante o Festival, que já conta com mais de 200 empresas inscritas. A longo dos quatro dias passarão pela FIL variadas formas de inovação e criatividade, num vasto programa dividido por conferências, congressos, seminários, espaços temáticos, showcases, performances e empreendedorismo.

 

Indústrias criativas

No segundo dia do Festival, Graça Fonseca, vereadora da Economia e Inovação marcou presença no evento, fazendo a introdução do Plateau Lisboa Criativa, onde representantes de diversos projetos que têm estado a acontecer em Lisboa na área criativa apresentaram as suas empresas. Bernardo Gaeiras da FabLab Lisboa, Cristina Matos Silva e Rita Rodrigues, da Lisboa Film Commission, Manuel Henriques da Trienal de Arquitetura e Vasco Perestrelo representante do Eurobest, o maior festival de publicidade da Europa, que vai decorrer nos próximos dias 4, 5 e 6 de dezembro no Cinema São Jorge.

“Há um conjunto de áreas que neste momento se chamam industrias criativas, que fundamentalmente são áreas que radicam no talento e na criatividade, e aquilo que queremos é que estas áreas, desde a arquitetura, cinema, publicidade e design, tudo o que está aqui representado, sejam áreas centrais à economia da cidade, aquilo que gera emprego, aquilo que gera crescimento económico, aquilo que atrai novos talentos e novas empresas para a cidade de Lisboa e é isso que faz a cidade mover-se. Lisboa tem este enorme potencial” explicou Graça Fonseca a propósito das empresas apresentadas na conferência.

Além de nomes como PT, Sapo ou Meo, o evento conta com empresas mais pequenas que surgem no festival pela mão de incubadoras. As startups que integram o Lx Factory, por exemplo, poderão mostrar os seus trabalhos, tal como o Tagus Park e algumas empresas incubadas na Católica do Porto.

Uma conferência sobre propriedade intelectual, uma feira de arte contemporânea ou uma demonstração de robôs da Lego são algumas das realizações previstas. O Festival IN contempla ainda um espaço dedicado ao empreendedorismo no feminino e um dos pontos altos da programação será a realização de um seminário promovido pelo British Council, transmitido em simultâneo para 160 países.

Com o objetivo de possibilitar que todos os criativos, sonhadores e empreendedores portugueses possam apresentar o seu projeto durante o Festival IN, foi criada a “BOX do empreendedor”. Recriando os célebres Speaker’s Corner ingleses, a Fundação AIP criou “The BOX”, direccionada para empreendedores e micro-empresas que pretendam apresentar o seu projeto aos investidores presentes no Festival IN.

Os bilhetes para o Festival IN têm o custo de 5€ (bilhete diário) e 15€ (passe para os quatro dias).

Consulte a programação em http://www.festivalin.pt

Array
Mais notícias sobre:
Cultura e Lazer, Investir