Investir

Financial Times confirma Lisboa como uma das cidades mais atrativas da Europa para viver e investir

29, Fevereiro 2016
Pela terceira vez consecutiva, o Financial Times coloca Lisboa no ranking das cidades e regiões europeias do futuro

Lisboa está em grande destaque nos rankings do Financial Times “Cidades e Regiões Europeias do Futuro 2016-17”. Este facto é confirmado pelo Financial Times, que, pela terceira vez consecutiva, inclui a capital portuguesa no ranking das “Cidades e Regiões Europeias do Futuro”.

A cidade tem vindo a afirmar-se, cada vez mais, como uma das cidades mais atrativas da Europa para viver e investir. A publicação do Financial Times – FDi Intelligence Magazine – referência na área dos negócios e investimento diretor estrangeiro, posiciona a cidade de Lisboa no 5.º lugar do ranking das Melhores Cidades do Sul da Europa (Overall Best Southern European City).

Neste ranking, liderado por Istambul, seguiram-se Madrid, Barcelona e Milão, tendo Lisboa ficado à frente de cidades como Liubliana, Roma, Ancara, Zagreb e Bilbao. A região de Lisboa manteve o 10.º lugar no ranking das “Melhores Regiões do Sul da Europa”.

O FDi reuniu dados de mais de 294 cidades, em 148 regiões, organizando-os em seis categorias para chegar ao ranking “Cidades e Regiões Europeias do Futuro”. As categorias incluem recursos humanos, ambiente de trabalho, infra-estruturas, rentabilidade, e estratégia de apoio ao Investimento Direto Estrangeiro e Empreendedorismo.

Duarte Cordeiro, vice presidente da Câmara Municipal de Lisboa, manifestou-se "muito lisonjeado pelo prémio dado pelo Financial Times à estratégia de Lisboa nos domínios da atração de investimento, empresas e talentos. A repetição deste reconhecimento é um incentivo para continuarmos a trabalhar no sentido de transformarmos Lisboa numa das cidades mais competitivas, inovadoras e criativas da Europa.”

O reconhecimento do Financial Times vem no seguimento da posição que Lisboa conseguiu no recente estudo da PwC / ULI “Emerging Trends in Real Estate, Europe 2016”, em que surge como a sétima cidade preferida dos investidores europeus para apostar em imobiliário. “A recuperação de Lisboa tem sido extraordinária; a popularidade internacional e conetividades transatlânticas estiveram na base da sua recuperação económica”, refere-se neste estudo a propósito de Lisboa.

A cerimónia de entrega dos prestigiados prémios, atribuídos pelo FDi/Financial Times às Cidades e Regiões Europeias do Futuro 2016/2017 realizar-se-á, como habitualmente, durante o MIPIM, a maior Feira de Investimento Imobiliário da Europa, em Cannes, no próximo dia 15 de março.

Mais notícias sobre:
Investir