Desporto, Município, Santa Maria Maior

Homenagem ao ultramaratonista João Neto

05, Junho 2019
A Câmara Municipal de Lisboa prestou homenagem ao ultramaratonista João Neto, no dia 5 de Junho, na Sala do Arquivo dos Paços do Concelho. João Neto iniciou-se nas maratonas em 2013, com 47 anos, na Maratona de Lisboa, em 2014 foi a internacionalização com a Maratona de Sevilha e Nova Iorque, e desde então nunca mais parou.
  • Homenagem ao ultramaratonista João Neto
    Homenagem ao ultramaratonista João Neto

João Neto mostrou o seu orgulho na homenagem que lhe foi feita mas principalmente em correr provas onde Portugal nunca esteve antes presente.

A cidade de Lisboa homenageou João Neto, o atleta que devido à sua força de vontade e perseverança correu as mais conceituadas e difíceis maratonas do mundo, em apenas seis anos, transportando consigo o nome de Portugal e mais recentemente também o de Lisboa, com a bandeira Lisboa Capital Europeia do Desporto 2021. “Chegamos a pensar, por vezes, como é que eu vou conseguir levar projeto até ao fim e com a responsabilidade das bandeiras, elas davam-me força e nunca pensei voltar para Portugal sem cortar as metas com elas, e assim foi”, explicou o maratonista.

A Sala de Arquivo dos Paços do Concelho estava lotada com amigos, admiradores e apoiantes do atleta, onde João Neto assinou, no final da cerimónia as bandeiras da Lisboa Capital Europeia do Desporto 2021 e da Câmara Municipal de Lisboa entregando-as, conjuntamente com a foto na Antártida, à autarquia.

Percurso de João Neto
Após se ter iniciado nas ultramaratonas em 2015, foi em 2017 que se aventurou em duas das mais duras maratonas que decorrem em condições extremamente adversas North Pole Marathon e Antartic Ice Marathon. Em 2018 participa na maratona de Boston concluindo as famosas seis estrelas da World Major Marathon – Nova Iorque (2014), Londres (2015), Berlim (2015), Chicago (2016) e Tóquio (2017).

No princípio de 2019 o ultramaratonista João Neto concluiu a famosa e exigente World Marathon Challenge 2019 – 7 maratonas, em 7 continentes, em apenas 7 dias. Foram 295km percorridos em 168 horas, com início em Novolazarevskaya na Antártica, seguindo-se Cidade do Cabo na África do Sul, Perth na Austrália, Dubai na Ásia, Madrid na Europa, Santiago do Chile na América do Sul e terminado em Miami na América do Norte.

Nesta grande prova foi portador da bandeira de Lisboa Capital Europeia do Desporto 2021 que desfraldou na gélida Antártica, Lisboa levada ao topo do mundo.

Completou 28 maratonas em 7 continentes, sendo o único português a concluir o World Marathon Challange e a pertencer ao Intercontinental Marathon Club (inclui apenas os corredores que completaram 7 maratonas, em 7 Continentes, em apenas 168 horas - 139 membros a nível mundial) e o segundo a pertencer ao Marathon Grand Slam Club (composto por corredores que completaram uma maratona de 42,195 km ou mais em cada um dos 7 Continentes e no Oceano Ártico na Maratona do Polo Norte - 142 membros no mundo).

Array
Mais notícias sobre:
Desporto, Município, Santa Maria Maior