Ambiente, Arroios, Avenidas Novas

Intervenções no arvoredo da cidade – setembro

08, Setembro 2017

A Câmara Municipal de Lisboa autorizou, no âmbito do programa municipal de gestão do espaço arbóreo da cidade, o abate e a remoção de árvores estruturalmente mal formadas, em risco de queda ou em mau estado fitossanitário e que podem constituir, por isso, um perigo para a segurança de pessoas e bens, nos seguinte locais e arruamentos:

- Jardim Jorge Luís Borges (Jardim do Arco do Cego)
- Rua Gomes Freire
- Rua Luciano Cordeiro
- Rua Conde Redondo
- Rua do Campo Mártires da Pátria
- Paço da Rainha
- Parque Urbano dos Olivais
- Via Reciproca
- Alameda de Santo António dos Capuchos (Freguesia de Santo António)
- Alameda de Santo António dos Capuchos (Freguesia de Arroios)
- Avenida Brasília
- Quinta Conde d'Arcos
- Rua dos Eucaliptos e Avenida Cidade do Porto
- Estrada do Paço do Lumiar
- Praça da Alegria
- Rua Bento Mântua
- Rua Cidade da Beira, 42
- Escola Manuel Sérgio - Rua dos Marcos – Estrada de Queluz
- Rua Cidade da Beira, 40
- Av. Cidade de Luanda, lote 480
- Estrada da Luz nº 145 – Parque Bensaúde (Parque Infantil)
- Rua Neves Costa – oposto ao nº 68
- Rua do Bojador
- Parque Eduardo VII
- Rua Cidade de Benguela
- Avenida do Índico
- Alameda dos Oceanos - 1
- Alameda dos Oceanos - 2
- Praça Baden Powel
- Rua Branca Gonta Colaco
- Rua Marquês de Soveral
- Av. Praia da Vitória
- Avenida dos Combatentes
- Rua Eng.Paulo de Barros
- Rua Hermano Neves



Estas intervenções estão fundamentadas em avaliações técnicas efetuadas pelos Serviços da CML e as árvores serão, em regra, substituídas por outras da mesma espécie ou de espécies adequadas ao local.

Mais notícias sobre:
Ambiente, Arroios, Avenidas Novas Intervenções arvoredo