Habitar, Intervenção social

Investimento em mais 100 casas para pessoas sem-abrigo

14, Novembro 2019
A Câmara de Lisboa vai arrendar mais cem habitações destinadas ao programa inspirado no modelo “Housing First”, num investimento de cerca de 700 mil euros. O projeto apoia pessoas em situação de sem-abrigo, com problemas de saúde mental e/ou dependências.
  • Câmara de Lisboa vai arrendar mais cem habitações destinadas ao programa inspirado no modelo “Housing First”
    Câmara de Lisboa vai arrendar mais cem habitações destinadas ao programa inspirado no modelo “Housing First”
  • Câmara de Lisboa vai arrendar mais cem habitações destinadas ao programa inspirado no modelo “Housing First”
    Câmara de Lisboa vai arrendar mais cem habitações destinadas ao programa inspirado no modelo “Housing First”

O executivo municipal aprovou, esta quinta-feira, um dos maiores investimentos a nível local na resposta às pessoas em situação de sem-abrigo, garantindo uma resposta habitacional com acompanhamento social.

O projeto municipal “Housing First”, ou “Casas Primeiro”, atualmente com 80 habitações, visa garantir o direito constitucional à habitação como primeiro passo. Uma medida fundamental, considera a autarquia, para responder aos problemas de saúde, sociais ou económicos, de quem se encontra na situação de sem-abrigo.

De acordo com as entidades parceiras, o programa retirou da rua pessoas com uma presença muito prolongada, permitindo a sua integração em programas de emprego e de reinserção social na vida ativa.

Mais notícias sobre:
Habitar, Intervenção social