Cultura e Lazer, Município

“Lisboa Cidade do Mundo” marca o ritmo das Marchas 2017

16, Dezembro 2016
A afirmação de uma cidade cosmopolita, aberta e tolerante é um dos objetivos do lema para as Marchas Populares de 2017.

Na cerimónia de entrega dos prémios das Marchas Populares de Lisboa 2016, Fernando Medina anunciou o tema para o próximo ano: “Lisboa Cidade do Mundo”. Um tema que, diz, gosta particularmente, pois “nestes tempos conturbados no mundo e na Europa, não há nada melhor que transmitirmos que somos uma cidade aberta, tolerante e acolhedora.

Acompanhado pela vereadora da Cultura, Catarina Vaz Pinto, o presidente da Câmara Municipal de Lisboa deixa uma palavra de agradecimento e de reconhecimento especial “a todos os que contribuíram para o extraordinário êxito das marcas 2016” e afirma que as Marchas Populares constituem “um elemento do presente, que se renova e alia tradição à modernidade da nossa cidade.”

Numa cerimónia a que assistiram vários presidentes de juntas de freguesia, Medina frisa a importância do seu empenho para o êxito das marchas e recorda ainda os milhões de pessoas assistem em direto ao desfile na Avenida, sublinhando a importância deste “evento único” também no plano internacional. 

O coreógrafo, letrista, figurinista e cenógrafo Carlos Mendonça, falecido este ano, foi evocado por Fernando Medina e pela presidente do Conselho de Administração da EGEAC, Joana Gomes Cardoso. “Deixou-nos fisicamente mas mantém-se em espírito, ele que tanto deu às nossas marchas”, afirmou o edil. 

Frenando Medina adiantou ainda que 2017 terá novidades: reentra o Castelo e desfilarão pela primeira vez na Avenida os marchantes de Belém. 

Mais notícias sobre:
Cultura e Lazer, Município