Investir

Lisboa de portas abertas ao empreendedorismo

28, Novembro 2015
Em contagem decrescente para a realização da Web Summit em Lisboa, a cidade voltou a abrir portas ao empreendedorismo.O Pavilhão do Conhecimento recebeu no dia 27 de novembro o Open Day Lisboa European Entrepreneurial Region (EER) 2015.

Reconhecimento, partilha e preparação são para o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa as palavras que definem este evento, onde foi possível conhecer melhor as Incubadoras e Aceleradores, Fablabs e Maker Spaces, Espaços de Coworking e outros projectos que têm vindo a transformar Lisboa numa verdadeira Startup City.

Fernando Medina reconheceu o esforço pela comunidade empreendedora na promoção de “um ecossistema mais vibrante e mais dinâmico”, num evento que contribuiu também para a partilha de experiências. 

Os desafios da Web Summit

A cerca de um ano da realização da Web Summit, o presidente da CML está empenhado em tornar a conferência de Lisboa a melhor de sempre. Para Medina há um desafio maior “aproveitar na integra o oportunidade de termos os olhos do mundo empreendedor posto em Lisboa e fazer disso uma oportunidade para modernizar a nossa economia”

No ano em que o Comité das Regiões atribuiu a Lisboa o prémio de cidade empreendedora europeia, o Open Day foi ainda o local  privilegiado para o encontro entre o presidente da CML e o vice-presidente deste organismo europeu, Arnoldas Abramavičius.

Da conversa resultou a garantia da autarquia em dar espaço e mobilizar as energias deste sector dinâmico de forma a fazê-lo crescer. O estudo da Startup Europe Partnership, conhecido no dia 27 de novembro, revela que Lisboa concentra 42% do total de 'startups' que conseguiram arrecadar mais de um milhão de dólares de financiamento.

Um dos pontos altos da noite foi a entrega dos “Up” Awards, que distinguem o que de melhor se faz em Portugal na área do empreendedorismo. O ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa arrecadou o prémio de Universidade mais Empreendedora, entregue por Fernando Medina.

Array
Mais notícias sobre:
Investir