Areeiro, Higiene urbana

Lisboa Limpa depende também dos pequenos gestos

04, Março 2015
  • Ação de fiscalização e sensibilização na área da higiene urbana
    Ação de fiscalização e sensibilização na área da higiene urbana
  • Ação de fiscalização e sensibilização na área da higiene urbana
    Ação de fiscalização e sensibilização na área da higiene urbana
  • Ação de fiscalização e sensibilização na área da higiene urbana
    Ação de fiscalização e sensibilização na área da higiene urbana
  • Ação de fiscalização e sensibilização na área da higiene urbana
    Ação de fiscalização e sensibilização na área da higiene urbana

Duarte Cordeiro, vereador da Higiene Urbana e Estruturas de Proximidade da Câmara Municipal de Lisboa, e o presidente da Junta de Freguesia do Areeiro, percorreram, dia 4 de março, alguns arruamentos desta recente freguesia, numa ação conjunta de fiscalização e sensibilização na área da higiene urbana.

Para "que nos vejam, e para atuar", explicou o vereador, dando conta das razões que justificam estas ações, planeadas para todas as freguesias de Lisboa, que visam responder às "várias queixas em relação aos depósitos indevidos de resíduos" que a Câmara tem recebido ao longo dos anos, informou. 

Ao mesmo tempo que dava conta da disponibilidade da Câmara em "ajustar" o serviço prestado na recolha, em função de "necessidades pontuais", Duarte Cordeiro alertava para as consequências do incumprimento das regras.

"Quando um comerciante tem um problema mais vale contactar a câmara municipal ou a junta de freguesia, que nós encontramos uma solução, o que não devem fazer é colocar os resíduos na rua a horas indevidas", para não gerar "situações de insalubridade", como apelou aos comerciantes visitados, mas também para evitar as indesejáveis coimas.

Por toda a cidade, as brigadas de fiscalização da Câmara, a que se vão juntar em breve equipas das juntas, atuam diariamente perante situações que podem gerar coimas entre os 25 e os 700 euros. O objetivo "não é apenas multar", mas as pessoas "devem saber que podem ser multadas em caso de incumprimento”, disse o vereador.

O cuidado "enorme" da junta do Areeiro, na área da limpeza das ruas, como salientou Fernando Braamcamp, faz com que as pessoas, pelo seu lado "tenham mais cuidado em não deitar lixo para o chão".

Para o presidente da freguesia - que agrega as antigas freguesias do Alto de Pina e São João de Deus - a ação realizada hoje em conjunto com a Câmara, "positiva" na sua opinião, "tem reflexos nos funcionários e na população", sobretudo pela proximidade das juntas, que permite "ajudar, acompanhar e ver se as coisas estão a correr bem na cidade".

Array
Mais notícias sobre:
Areeiro, Higiene urbana