Investir

Lisboa na rota do crescimento global

27, Novembro 2015
Mais de 350 atores ligados ao mundo empresarial dão corpo ao Lisbon Business Conection, uma rede empenhada em catapultar a capital portuguesa para o topo mundial do investimento e do desenvolvimento económico. O primeiro encontro decorreu em 26 de novembro e afirma o bom caminho de Lisboa na rota do crescimento, com muitas ideias para pôr em prática.

O primeiro encontro anual do Lisbon Business Conections teve lugar em 26 de novembro no Museu do Design e da Moda (MUD), um projeto da Câmara Municipal de Lisboa e da Invest Lisboa para a criação de uma rede de parceiros com vista ao desenvolvimento económico da capital (gravação integral). 

Muitas ideias e projetos, da criação de uma plataforma que promova a marca Lisboa à criação de um observatório para o empreendedorismo, inovação e investimento, da instalação de um centro de arbitragem para investidores à criação de uma residência para artistas, um laboratório de experimentação tecnológica, um polo de atração na saúde, robótica, engenharia. Todas à procura de transformar a capital portuguesa numa startup city de carácter mundial.   

O presidente da Câmara Municipal, Fernando Medina, encerrou o encontro e salientou “a dedicação à cidade de Lisboa” de todos quantos participaram nos grupos de trabalho que antecederam o encontro, em torno da discussão de temas como o investimento, o empreendedorismo, projetos estruturantes, mercado imobiliário, fiscalidade, investigação ou captação de talentos. 

Energia e mobilização que reforçam o caminho da cidade para o topo do desenvolvimento, uma cidade que, diz Fernando Medina, vive “um extraordinário momento”. Turismo, inovação, empreendedorismo ou educação são algumas das áreas em que se sente este dinamismo, e o presidente da autarquia lisboeta considera que é nesta altura que se deve preparar o futuro. 

 

Uma rede em crescimento

Estão registados actualmente cerca de 350 conectores na cidade de Lisboa, afirmou o director municipal de Economia e Inovação, Paulo Soeiro de Carvalho, que lembrou a estratégia da autarquia desde 2011para colocar a capital portuguesa no topo das cidades empreendedoras e criativas ao nível mundial. 

O Lisbon Business Conections é uma rede de pessoas com responsabilidades empresariais (conectores) que em qualquer momento ou local possam colocar a cidade de Lisboa no mapa global do investimento e investigação. A primeira parte do projeto materializou-se no trabalho preparatório para este encontro, explicou Paulo Soeiro de Carvalho, que foi o juntar um conjunto de atores e empresas num debate em torno de ideias e propostas para tornar Lisboa mais atractiva a este nível. 

O desafio foi aceite e o primeiro encontro plasma o resultado do intenso trabalho realizado, frisa, realçando que foi dado “o pontapé de saída” para a continuidade deste esforço. Um envolvimento “orgânico” de gente com talento e responsabilidade em torno de um objetivo comum: “tornar Lisboa numa grande cidade atractiva, inovadora e criativa.”

Trata-se de “um grande projeto de Marketing territorial de um cidade capital europeia” na área dos negócios, dos talentos e do investimento. O objetivo é crescer, o desafio passa pela mobilização de todos, conclui. 

Array
Mais notícias sobre:
Investir