Mobilidade, Município

Lisboa vai ter mais 40 lugares para veículos partilhados

15, Março 2019
O anúncio da criação de 40 novos lugares para veículos partilhados foi feito hoje pelo vereador da Mobilidade da Câmara Municipal de Lisboa na conferência “O Futuro da Mobilidade Urbana”.
  • Lisboa vai ter mais 40 lugares para veículos partilhados
    Lisboa vai ter mais 40 lugares para veículos partilhados

No Teatro S. Luiz, Miguel Gaspar revelou que aos 21 já existentes, irão juntar-se mais 40 lugares na zona central da cidade estando a ser equacionada a disponibilização de mais 70 reservados ao carharing.

A par disso, a EMEL irá ainda instalar os primeiros pontos de carregamento rápido para viaturas elétricas, num total de três.

O objetivo passa, pois, por “trazer melhor qualidade de vida aos cidadãos”, diz o responsável pelo pelouro da mobilidade que, defende o uso eficiente do espaço da cidade.

A estratégia da mobilidade de Lisboa está montada em função do transporte público

Na conferência organizada pela Emov, o serviço de carsharing elétrico do grupo PSA, Miguel Gaspar garante que toda a estratégia da mobilidade em Lisboa está “montada em torno dos transportes públicos", dando como exemplo o investimento na Carris ou a redução nos tarifários nos passes de toda a área metropolitana de Lisboa, que entra em vigor a 1 de abril.

O vereador reforçou ainda a aposta na mobilidade ativa e nos modos partilhados, porque, diz, “é isso que as pessoas precisam”.

O diretor geral da Emov Espanha e Portugal, Ignacio Román Vírseda defendeu que a colaboração entre entidades públicas e privadas é a condição chave para a sustentabilidade e para o sucesso dos novos meios de mobilidade, anunciando ainda o alargamento da zona de intervenção dos automóveis partilhados para os bairros de Benfica, Cruz Vermelha e Olivais.

Mais notícias sobre:
Mobilidade, Município