Comercio, Cultura e Lazer

Lojas com História no Manufactum - 1.º Salão de Artes & Ofícios

27, Abril 2019
Decorre no Torreão Poente da Cordoaria Nacional, até 5 de maio, o Manufactum - 1.º Salão de Artes & Ofícios.
  • Lojas com História no Manufactum - 1.º Salão de Artes & Ofícios
    Lojas com História no Manufactum - 1.º Salão de Artes & Ofícios
  • Lojas com História no Manufactum - 1.º Salão de Artes & Ofícios
    Lojas com História no Manufactum - 1.º Salão de Artes & Ofícios
  • Lojas com História no Manufactum - 1.º Salão de Artes & Ofícios
    Lojas com História no Manufactum - 1.º Salão de Artes & Ofícios
  • Lojas com História no Manufactum - 1.º Salão de Artes & Ofícios
    Lojas com História no Manufactum - 1.º Salão de Artes & Ofícios
  • Lojas com História no Manufactum - 1.º Salão de Artes & Ofícios
    Lojas com História no Manufactum - 1.º Salão de Artes & Ofícios
  • Lojas com História no Manufactum - 1.º Salão de Artes & Ofícios
    Lojas com História no Manufactum - 1.º Salão de Artes & Ofícios
  • Lojas com História no Manufactum - 1.º Salão de Artes & Ofícios
    Lojas com História no Manufactum - 1.º Salão de Artes & Ofícios
  • Lojas com História no Manufactum - 1.º Salão de Artes & Ofícios
    Lojas com História no Manufactum - 1.º Salão de Artes & Ofícios

Ao longo de dez dias, mestres de várias áreas mostram o seu trabalho em oficinas ao vivo, workshops de passamanaria, pintura de azulejo, gravação de couro, talha, marcenaria, papel marmoreado e douramento. Haverá um espaço de “Upcypcling” – Laboratório criativo e paralelamente decorrem conversas sobre os ofícios tradicionais portugueses e o mercado de luxo aliado à manufatura tradicional. A Loja da FRESS estará presente com o que se faz de melhor nas oficinas da Fundação Ricardo Espírito Santo Silva.

A Ministra da Cultura, Graça Fonseca , que esteve presente na abertura da mostra em 27 de abril, visitou o espaço das Lojas com História de Lisboa, projecto da Câmara Municipal criado para preservar os estabelecimentos de comércio tradicional da capital. Portugal tem “um saber fazer que não se perde e há que preservar”, frisou Graça Fonseca, agradecendo o trabalho da fundação no ensino das novas gerações que querem aprender as artes e ofícios tradicionais.

Entre outras, marcam presença as lojas Leitão & Irmão, Bahia Jóias, Hospital das Bonecas, Casa Forra, Serranofil Tapetes e Chapelaria Azevedo Rua.

Mais notícias sobre:
Comercio, Cultura e Lazer