Ambiente, Benfica, Desporto

Manhã desportiva assinala uma década do Orçamento Participativo

29, Outubro 2017
A promoção do Parque Florestal do Monsanto, e da sua rede de trilhos, em fase de requalificação, foi o mote para a manhã desportiva organizada este domingo pela equipa do Orçamento Participativo de Lisboa, que este ano assinala uma década de existência.
  • Manhã desportiva assinala uma década do Orçamento Participativo
    Manhã desportiva assinala uma década do Orçamento Participativo
  • Manhã desportiva assinala uma década do Orçamento Participativo
    Manhã desportiva assinala uma década do Orçamento Participativo
  • Manhã desportiva assinala uma década do Orçamento Participativo
    Manhã desportiva assinala uma década do Orçamento Participativo

Lisboa, "foi a primeira capital europeia a implementar um Orçamento Participativo (OP), verdadeiramente deliberativo, dando um efetivo poder de decisão aos cidadãos". Ao longo das 10 edições do OP, foram apresentadas 5 770 propostas, de que resultaram 1 829 projetos, e 105 projetos vencedores.

A fase de votação nos projetos da edição de 2017, decorre até 22 de novembro.

Projeto "Trilhos de Monsanto" 

Legalmente criado por um Decreto-Lei, em 1 de novembro 1936, o Parque Florestal do Monsanto - com cerca de 900 ha de mata diversificada - é, cada vez mais, um local escolhido para a prática desportiva, com "uma taxa de ocupação grande", sobretudo nos últimos anos, com maior utilização dos trilhos, revelaram os técnicos municipais.

Para melhorar as condições dos utilizadores, um grupo de cidadãos apresentou em 2014 a proposta "Trilhos de Monsanto", com vista à "Implementação de rede hierarquizada de caminhos que promovam a mobilidade suave e de recreio".

A intervenção, com um orçamento então estimado de 450 000 €, visava, entre outros aspetos, a "definição de uma hierarquia viária e dos traçados dos diferentes tipos de vias; estabelecer medidas tendentes a uma acalmia do tráfego de circulação rápida; definição de uma sinalização viária direcional (recuperar a existente e melhorá-la); definição de uma sinalética de parque".

Os trilhos são a "melhor forma de fruir o Parque", consideraram os responsáveis municipais presentes na iniciativa, que reuniu algumas dezenas de participantes.

Treino de Corrida, com diferentes níveis, apoiado por guias da Associação Portugal Running, e Tartarugas Solidárias, Caminhada de 5 km pela Biodiversidade, e um passeio pedestre pelo parque com identificação de plantas comestíveis, monitorizado pela ASPEA, foram as atividades mais procuradas.

Array
Mais notícias sobre:
Ambiente, Benfica, Desporto