Ambiente

Melhor Iluminação Pública – QREN/PORLisboa

17, Janeiro 2014
  • Melhor Iluminação Pública – QREN
    Melhor Iluminação Pública – QREN
  • Melhor Iluminação Pública – QREN
    Melhor Iluminação Pública – QREN

Através da candidatura ao QREN/PORLisboa “Operação Lisboa-02-0765-FEDER-000809 – Melhor Iluminação Pública”, a Câmara Municipal de Lisboa procedeu à substituição dos equipamentos de iluminação pública com tecnologia de vapor de mercúrio sob sua gestão, e contemplados na candidatura, por outras soluções energética e ambientalmente mais eficientes e menos poluentes (substituição por lâmpadas de vapor de sódio, luminárias de melhor rendimento e colocação de balastros eletrónicos com redução de fluxo luminoso).
Deu-se, assim, cumprimento às medidas do Plano Nacional de Acção para a Eficiência Energética (PNAEE) - Resolução do Conselho de Ministros n.º 80/2008, como a do phase-out de lâmpadas de vapor de mercúrio na iluminação pública.
Esta intervenção em 2644 pontos de luz com lâmpadas de mercúrio, conduziu a uma poupança de cerca de 911 265 kWh/ano e de 81.103 €/ano.

Por outro lado, a CML candidatou também outra componente, com resultados mais intangíveis mas nem por isso menos importantes. Trata-se de melhorar o sistema de informação de apoio à gestão da iluminação pública, uma vez que as aplicações existentes careciam de integração, eram sectoriais, fragmentadas e de difícil atualização. Um bom sistema de informação tornou-se, assim, essencial para a tomada de decisões esclarecidas por parte da CML, bem como para dar uma resposta rápida e eficaz ao nível da manutenção dos cerca de 65.000 pontos de luz existentes na cidade.

Mais notícias sobre:
Ambiente