Investir

Miguel Fontes considera “um desafio” as suas novas funções como diretor na STARTUP Lisboa

15, Janeiro 2016

Miguel Fontes é o novo diretor da Startup Lisboa. Para o gestor, “assumir a direção executiva da Startup Lisboa, num  momento em que Lisboa se afirma internacionalmente como uma cidade de referência para o empreendedorismo, constitui uma oportunidade desafiante”. Miguel Fontes diz ainda “esperar ajudar a fazer de Lisboa uma cidade cada vez mais amiga dos empreendedores, mais inovadora, mais criativa e mais vibrante". De facto, a capital portuguesa tem pela frente enormes desafios na área. Já a partir deste ano e até 2018, por exemplo,  Lisboa vai acolher a Web Summit, o maior evento de empreendedorismo, tecnologia e inovação da Europa.

Miguel Fontes, de 44 anos, tem desempenhado funções essencialmente na área da gestão, tendo sido administrador executivo da Aicep Global Parques - Gestão de Áreas Empresariais e Serviços, S.A., entre 2010 e 2015. Foi também Secretário de Estado de António Guterres, entre Novembro de 1997 e Abril de 2002, com a pasta da  Juventude. 

No sector privado, assumiu a gestão e administração de várias empresas, como a MRB Holding S.G.P.S.,S.A. e a  Leisurecorp, S.A - Gestão de Health Clubs S.A.

Licenciado em Sociologia pelo ISCTE e pós-graduado em Gestão Empresarial pelo INDEG/ISCTE,  Miguel Fontes exercia até agora funções na Santa Casa da Misericórdia; integra também o Conselho Consultivo Govint -  Fórum para a Governação Integrada, uma iniciativa do Instituto Padre António Vieira.

A Startup Lisboa, de que a CML é fundadora, juntamente com o IAPMEI e o Montepio, é a incubadora de empresas criada em 2011 com o objetivo de ajudar empreendedores a desenvolverem o seu negócios e empresas na área Tech, Comércio e Turismo.

Mais notícias sobre:
Investir