Cultura e Lazer, Município, Santa Maria Maior

Museu do Fado comemora 20 anos com «videomapping»

23, Novembro 2018
Até à próxima 3ª feira, dia 27, a história do fado é contada num espetáculo de «videomapping» projetado na fachada do museu, em Alfama.Uma iniciativa que faz parte do programa das comemorações dos 20 anos do Museu.
  • Museu do Fado comemora 20 anos com «videomapping»
    Museu do Fado comemora 20 anos com «videomapping»

Serão três vezes por noite – às 20h30, 21h00 e 21h30 –  durante cerca de 12 minutos, com as participações dos fadistas Mariza, Camané e Carlos do Carmo, e do guitarrista José Manuel Neto.

A vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Lisboa, Catarina Vaz Pinto, juntou-se às dezenas de pessoas que, no Largo do Chafariz de Dentro, assistiram à primeira projeção.

Para além do videomapping estão ainda previstas um conjunto de iniciativas que incluem, por exemplo,  a edição de um disco de novos talentos, a inauguração de uma exposição sobre Teresa de Noronha entre outras.

E porque o dia era de aniversário não faltou o bolo nem "os parabéns" cantados por vozes como Camané, João Braga, Pedro Moutinho, António Chainho, Francisco Salvação Barreto, Natalino de Jesus, Maria Ana Bobone, e Lenita Gentil

.O Museu do Fado

O Museu do Fado,abriu portas a 25 de setembro de 1999 como forma de celebrar o valor do Fado como símbolo identificador da cidade de Lisboa. 


Dez anos depois de ser inaugurado, o museu tem um novo programa museológico e passou a apresentar outro tipo de acervo, como telas, discos, fotografias e cartazes.

A aposta nas novas tecnologias é outra das características do renovado Museu do Fado, disponibilizando postos de consulta que permitem o acesso ao seu espólio, nomeadamente, imagens, repertório, registos áudio, biografia, programas de espetáculos e até a partituras que existirem.

No site do Museu do Fado é possível conhecer o espaço sem sair de casa, através de uma visita virtual.