Campolide, Cultura e Lazer, Visitar

Museu Vieira da Silva recebe distinção

15, Maio 2015
  • Inauguração da exposição A linha no tempo no Museu Vieira da Silva
    Inauguração da exposição A linha no tempo no Museu Vieira da Silva

Inaugurou no dia 14 de maio no Museu Arpaz “Arpad Szenes - Vieira da Silva (FASVS), ” A linha do Espaço”, uma exposição com obras de Maria Helena Vieira da Silva, de Arpad Szenes e de artistas seus contemporâneos.

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, acompanhado da Vereadora da Cultura, Catarina Vaz Pinto, assistiram à cerimónia que contou com a presença do Presidente da Republica, Aníbal Cavaco Silva e foi realizada âmbito das comemorações dos 25 anos da fundação e dos 20 anos do museu com o mesmo nome.

António Gomes de Pinho, Presidente do Conselho de Administração, agradeceu a presença de Fernando Medina, "que pela primeira vez visita o museu na qualidade de presidente da autarquia apesar de ser um amigo de longa data da FASVS.”

Em 1990 era assinado o Decreto-Lei que criava a Instituição que teve desde a primeira hora, a Câmara de Lisboa como entidade fundadora. Um apoio que não foi esquecido por Daniel Proença de Carvalho, presidente do Conselho de Patronos, que lembrou a “generosa colaboração da autarquia na cedência do edifício-sede e do “empenho e dedicação” do seu antigo presidente Nuno Krus Abecasis.

25 anos depois, a autarquia continua com um papel ativo na atividade da Fundação apoiando todos os eventos e contribuindo para a divulgação da obra de Vieira da Silva,  "umas das artistas plásticas portuguesas mais reconhecidas internacionalmente”, revela Catarina Vaz Pinto. Para a responsável da Cultura da CML, esta exposição é uma oportunidade única para apreciar obras inéditas e que nunca foram vistas em Portugal.

Na ocasião, o Presidente da Republica distinguiu a Fundação com a Ordem do Infante D. Henrique. Cavaco Silva considera que os portugueses estão gratos à pintora por ter escolhido e seu país e a sua cidade natal para a instalação do principal espaço dedicado ao estudo e à divulgação da sua obra.

 


A Linha do Espaço- Vieira da Silva Arpad Szenes e os seus contemporâneos

A mostra apresenta 56 obras de Vieira da Silva e 23 do marido, Arpad Szenes, reveladoras da essência das suas pesquisas plásticas, que raramente têm sido exibidas em Portugal.
Em simultâneo, encontra-se exposto um conjunto de obras de vários artistas contemporâneos do casal, como Paul Klee, Jean Dubuffet, Jean Arp, Zao Wou-Ki, Roger Bissière, Etienne Hajdu, Hans Reichel, Germaine Richier, Mark Tobey e Joaquín Torres-García, muitas delas apresentadas pela primeira vez em Portugal.


Array
Mais notícias sobre:
Campolide, Cultura e Lazer, Visitar