Cultura e Lazer, Santa Maria Maior

O regresso das Festas de Lisboa

21, Maio 2019
As Festas de Lisboa voltaram para dar cor e alegria à cidade com muita música, teatro e um espetáculo com uma das maiores artistas de funambulismo. No último dia há uma homenagem a António Variações.
  • O regresso das Festas de Lisboa
    O regresso das Festas de Lisboa

A edição deste ano das Festas de Lisboa foi apresentada a bordo de um barco no rio Tejo, uma forma que a EGEAC, representada por Joana Cardoso, encontrou para assinalar os 500 anos da circum-navegação de Fernão de Magalhães, que são o mote das festividades.

Para Fernando Medina, as Festas de Lisboa são hoje uma combinação rara entre a Lisboa popular e a Lisboa moderna e cosmopolita. O presidente da autarquia sublinhou a “justa e tão merecida homenagem a António Variações que é um grande exemplo dessa junção de popularidade e modernidade”.

Este ano as Festas vão surpreender logo no primeiro dia. No dia 1 de junho, uma das maiores artistas de funambulismo, Tatiana-Mosio Bongonga, vai atravessar a Fonte Luminosa, a 30 metros do solo, numa corda de arame, procurando equilibrar-se com a ajuda de uma vara.

Não há Festas sem marchas populares e centenas de marchantes, no dia 12 de junho, voltam a descer a Avenida da Liberdade em honra do Santo mais querido dos lisboetas, que abençoa os Casamentos e cuja homenagem se vai fazer com exposições, tronos, concertos e até corridas.

É durante as Festas de Lisboa que se celebra o primeiro aniversário do LU.CA — Teatro Luís de Camões, que abriu portas a 1 de junho do ano passado. São três dias de festa, com entrada livre, onde nem sequer o bolo faltará.

Este ano, o fado vai voltar ao castelo com dois concertos improváveis — o de Ana Moura e Sopa da Pedra, a 14 de junho e o de Raquel Tavares e Gospel Collective, no dia 15 de junho.

A EGEAC tem previsto vários festivais de cinema, nomeadamente no Cinema São Jorge, exposições nas galerias municipais, peças de teatro e atividades nos museus como o da Marioneta, Fado, Marioneta, Bordalo Pinheiro ou Casa Fernando Pessoa.

Entre muitas outras iniciativas destaca-se o Lisboa Mistura, um festival de música que celebra a diversidade que faz parte da génese da cidade e que no mês de junho passará pela Quinta das Conchas. De entrada gratuita, incluirá atuações de músicos do Médio Oriente, da América do Norte e de África, nos dias 8 a 10 de junho. Já a Festa do Japão acontecerá a 22 de junho, em Belém.

Espetáculo de encerramento

O concerto de encerramento será dedicado a António Variações, que faria 75 anos. No dia 29 de junho, a partir das 22h, vão passar pelo Jardim da Torre de Belém Ana Bacalhau, Conan Osiris, Lena D’Água, Manuela Azevedo, Paulo Bragança e Selma Uamusse, que interpretarão temas do artista acompanhados pela Orquestra Metropolitana de Lisboa. A entrada é também livre.

O programa completo das Festas de Lisboa pode ser consultado aqui.

Array
Mais notícias sobre:
Cultura e Lazer, Santa Maria Maior