Educação, Parque das Nacoes

Pequenos chefs fazem grandes saladas

14, Abril 2018
Vinte crianças do 1º ciclo participaram hoje em mais uma edição de “Saladas em Família”. A atividade, lúdica, integra o Programa Alimentação Escolar – Crescer Saudável, da Câmara Municipal. A iniciativa, "pretende incentivar o consumo de legumes e vegetais", bem como cozinhar em família, considerada "uma atividade muito saudável e estimulante para as crianças".
  • Pequenos chefs fazem "Saladas em Familia"
    Pequenos chefs fazem "Saladas em Familia"
  • Pequenos chefs fazem "Saladas em Familia"
    Pequenos chefs fazem "Saladas em Familia"
  • Pequenos chefs fazem "Saladas em Familia"
    Pequenos chefs fazem "Saladas em Familia"
  • Pequenos chefs fazem "Saladas em Familia"
    Pequenos chefs fazem "Saladas em Familia"
  • Pequenos chefs fazem "Saladas em Familia"
    Pequenos chefs fazem "Saladas em Familia"
  • Pequenos chefs fazem "Saladas em Familia"
    Pequenos chefs fazem "Saladas em Familia"
  • Pequenos chefs fazem "Saladas em Familia"
    Pequenos chefs fazem "Saladas em Familia"
  • Pequenos chefs fazem "Saladas em Familia"
    Pequenos chefs fazem "Saladas em Familia"

As crianças das escolas do 1º ciclo de Lisboa que estiveram esta manhã no Pavilhão do Conhecimento, podem bem ter dado o primeiro passo numa carreira de chef, tal foi o entusiasmo e empenho manifestado durante a competição. Apesar da alegria e descontração estampada no rosto de todos, a prova foi exigente: cada equipa, composta por uma criança e um familiar adulto, teve apenas 20 minutos para confecionar uma salada.

O júri, composto por uma nutricionista do Movimento 2020, uma nutricionista da Move Life, e um elemento da Direção Geral de Saúde, avaliou cada prato de acordo com: valor nutricional, sabor, apresentação, criatividade e limpeza da bancada.

Temos grandes chefs em cada uma destas casas, afirmou bem disposto Ricardo Robles. O vereador da Educação, hoje dividido entre a representação da câmara, e da equipa em que participou com o seu filho, garantiu depois aos pais e mães presentes que "a câmara está muito empenhada num programa de alimentação saudável nas escolas". O objetivo da autarquia é "garantir que nas escolas de Lisboa todas as crianças comem os melhores alimentos e da melhor forma possível, com a melhor confecção possível". Nesse sentido, salientou Ricardo Robles, a câmara conta com a ajuda de "especialistas que nos ajudam a perceber onde podemos melhorar".

Como acontece em qualquer concurso, instalou-se um nervoso miudinho, sobretudo nos pais e mães, antes do anúncio dos resultados. Em terceiro lugar ficou o chef Miguel, com a "Salada Miguel", em segundo o chef André, com a sua "Salada tropical de frango", e em primeiro a chef Lara, com uma "Salada arco-íris". A originalidade, no prato e na apresentação, valeu ao chef Tiago, o prémio de criatividade, com a "Salada Pinguins de Madagáscar", que entre outros apontamentos, substituiu batatas fritas em palitos, por ananás com o mesmo formato.

Antes do almoço, exclusivamente com as saladas a concurso e sumos naturais, a mascote VEGI e o Hugo apresentaram uma coreografia que, "de forma divertida", associou a alimentação saudável à dança e ao exercício físico.

As receitas, com a respetiva declaração nutricional, podem ser consultadas aqui




Mais notícias sobre:
Educação, Parque das Nacoes