Município

Prática da CML distinguida com o Selo da Diversidade

04, Dezembro 2017

A Câmara Municipal de Lisboa foi distinguida pela Carta Portuguesa para a Diversidade com o Selo da Diversidade, na categoria de “Condições de trabalho e acessibilidades”, com a candidatura “Medidas de conciliação”, na gala que decorreu no passado dia 10 de novembro, na Universidade Atlântica, em Oeiras.

Trata-se de uma iniciativa da Carta Portuguesa para a Diversidade, compromisso assumido de forma voluntária pelos empregadores signatários, que tem como objetivo a implementação e desenvolvimento de políticas e práticas internas de promoção da diversidade e igualdade de oportunidades no trabalho independentemente da origem cultural, étnica e social, orientação sexual, género, idade, caraterísticas físicas, estilo pessoal e religião.

A Câmara Municipal de Lisboa ao assinar a Carta Portuguesa para a Diversidade assumiu a Diversidade como um imperativo ético e princípio basilar e orientador da sua atuação interna e externa, fazendo-a parte dos seus valores e da sua identidade institucional.

A primeira edição do Selo da Diversidade, que reuniu 29 candidaturas de 16 entidades, avaliou as práticas dos empregadores que operacionalizam os objetivos da Carta, contemplando seis categorias: Compromisso da gestão de topo e dos outros níveis hierárquicos; Cultura organizacional; Recrutamento, seleção e práticas de gestão de pessoas; Desenvolvimento profissional e progressão na carreira; Comunicação da Carta e dos seus princípios; Condições de trabalho e acessibilidades.

A prática distinguida com o Selo da Diversidade e objeto da candidatura apresentada pela Câmara Municipal de Lisboa, medidas de conciliação da vida profissional com a vida pessoal, demonstra a procura de soluções e mecanismos internos visando responder às necessidades dos/das trabalhadores/as e da própria organização, que valorizam as suas competências e interesses. Desse conjunto de medidas destacam-se a rede colaborativa, as modalidades de horários de trabalho que permitem o equilíbrio entre o trabalho e a vida pessoal e familiar e a mobilidade interna dos trabalhadores entre unidades orgânicas.

A distinção da Câmara Municipal de Lisboa com o Selo da Diversidade é o reconhecimento do seu empenho na promoção da diversidade, assente num modelo de gestão centrado nas pessoas e numa cultura de trabalho em que cada trabalhador/a é único/a e tem necessidades específicas.





Mais notícias sobre:
Município