Município

Presidente de Malta recebida nos Paços do Concelho

15, Maio 2018
  • Visita da Presidente de Malta
    Visita da Presidente de Malta

A Presidente da República de Malta, Marie Louise Coleiro Preca, foi recebida nos Paços do Concelho de Lisboa no dia 15 de maio, no âmbito da sua visita de Estado a Portugal.


À chegada, aguardava-a o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, tendo um batalhão da Guarda Nacional Republicana, com Banda e Estandarte, prestado as honras militares e executado os hinos nacionais dos dois países. Já no Salão Nobre, seria agraciada com a Chave de Ouro da Cidade, assinando o Livro de Honra de Lisboa.

Antes, porém, o autarca lisboeta dirigiu as palavras de boas vindas, salientando as históricas relações entre os dois países, que remontam, ao nível mais alto, ao século XVIII, quando os grãos mestres portugueses da Ordem Soberana de Malta, Manoel de Vilhena e Manuel Pinto da Fonseca se instalaram na ilha mediterrânica, com amplos poderes - "constituindo motivo de orgulho para todos nós a (sua) capacidade empreendedora, a visão humanista e a ação desenvolvida por estes" - e quando a armada portuguesa acorreu em auxílio das forças maltesas contra o bloqueio naval que a armada napoleónica tentou impor à nação insular.

Fernando Medina destacou o quadro de "boa cooperação existente entre Portugal e Malta, ao nível da União Europeia, da União Económica e Monetária, do Diálogo 5+5 e da União para o Mediterrâneo, importantes para a "estabilidade e a promoção do desenvolvimento económico do Magreb", ao nível multilateral, e da convergência diplomática no apoio às candidaturas de ambos os países para o Conselho de Segurança da ONU, ao nível bilateral.

Também as relações entre Lisboa e as cidades maltesas colheram destaque na intervenção do edil, que referiu o "bom entendimento" entre Lisboa e La Valeta e os contactos com Floriana, fundada pelo Grão Mestre Manoel de Vilhena, dada a importância crescente das cidades "para a reforma das sociedades" para fazer face a desafios como os da "redução do impacto das alterações climáticas" e do "acolhimento e apoio aos refugiados". Fernando Medina concluiu lembrando o paralelismo das duas capitais, construídas "através de um cruzamento de culturas e civilizações" e defendendo "o multiculturalismo, a tolerância, o desenvolvimento sustentável, a inovação e o diálogo".

A Chefe de Estado maltesa agradeceu a hospitalidade, aludindo à beleza da cidade e aos laços históricos que unem ambas as nações. Apoiando a ideia do estreitamento de relações entre as cidades capitais (Lisboa e La Valeta), Marie Louise Coleiro Preca lançou também a sugestão de geminação entre a cidade do Tejo e a sua cidade natal, Kormi, e a de sua origem familiar, Floriana, fundadas por governantes portugueses.


No final, após a tradicional apresentação de cumprimentos pelos representantes do Corpo Diplomático e de outras instituições relevantes, a comitiva maltesa foi obsequiada com a interpretação de dois fados, na voz de Teresa Tapadas.

Mais notícias sobre:
Município