Areeiro, Educação

Projeto "Direitos Humanos – O pilar da formação em cidadania"

09, Dezembro 2016
Teve lugar, no Fórum Lisboa, dia 9 de dezembro, a sessão de encerramento do projeto “Direitos Humanos – O pilar da formação em cidadania”, que contou com a presença de 650 alunos de várias escolas que aderiram ao projeto
  • Projeto "Direitos Humanos – O pilar da formação em cidadania"
    Projeto "Direitos Humanos – O pilar da formação em cidadania"

A Câmara Municipal de Lisboa, através do seu pelouro da Educação, lançou no dia 17 de novembro, um projeto com o objetivo de assinalar a proclamação, a 10 de dezembro de 1948, pela ONU, da declaração universal dos direitos humanos.

A vereadora da Educação, Catarina Albergaria, procedeu à abertura da sessão, dirigindo-se aos mais novos, falando-lhes um pouco do que são os direitos humanos e por que razão é tão importante respeita-los.

Neste projeto, foi pedido às escolas que realizassem trabalhos em grupo ou individuais, utilizando diversos materiais e formas de expressão, abordando a temática de forma livre e inovadora. No total, o projeto envolveu cerca de 1100 alunos de 24 escolas estando assim 55 turmas envolvidas, tendo a CML recebido mais de cem trabalhos onde foi possível testemunhar o forte empenho quer a nível plástico quer ao nível de pesquisa e recolha de informação.

Na ocasião, a vereadora da Educação, explicou que a Câmara de Lisboa decidiu levar às escolas, a promoção do que é a dignidade humana, de uma forma muito simples e “então decidimos convidar o José Fanha e o Daniel Completo para que através da música e da poesia pudessem desafiar as crianças a pensar sobre os direitos humanos, tal como o tinham feito com os maravilhosos trabalhos que estão em exposição aqui no Fórum Lisboa”. Catarina Albergaria deixou ainda a mensagem que “só educando as crianças para os direitos humanos é que conseguimos que o caminho se faça para o futuro e que seja salvaguardado por estas crianças que irão levar a mensagem para hoje e para amanhã".

Foram diversos os parceiros deste projeto, como é o caso do Centro de Informação Europeia Jacques Delors, representado por Filomena António, o deputado na Assembleia da República e presidente da Junta de Freguesia do Lumiar, Pedro Delgado Alves, e ainda o embaixador dos Direitos Humanos para a Europa, e embaixador da República Portuguesa da Áustria em Portugal, representado por Ingo König.

Após o espetáculo de declamação de poesia e de canções realizado por José Fanha e Daniel Completo, o vereador com o pelouro dos Direitos Sociais, João Afonso, fez o encerramento da sessão reforçando a importância da igualdade entre todos os povos e no respeito mútuo. 

Array
Mais notícias sobre:
Areeiro, Educação