Cultura e Lazer, Município

Receção ao Corpo Diplomático

15, Fevereiro 2019
Decorreu nos Paços do Concelho, no dia 14 de fevereiro, a tradicional receção da câmara municipal ao Corpo Diplomático acreditado em Lisboa.
  • Receção ao Corpo Diplomático
    Receção ao Corpo Diplomático

Na ocasião, o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, dirigiu-se a cerca de oito dezenas de representantes diplomáticos das nações estrangeiros com quem Portugal mantém relações, fazendo a antevisão do corrente ano. "Este é o momento de partilhar convosco o que estamos a fazer e o que vamos fazer", durante o ano que o autarca considerou "épico", dada a realização de sucessivas eleições, incluindo as europeias e as nacionais. "O eleitorado português está, tudo leva a crer, com o projeto europeu, repudiando tendências populistas, nacionalistas e xenófobas", garantiu o autarca lisboeta.

Reportando-se à atividade municipal, Fernando Medina destacou três áreas de intervenção: em prol da sustentabilidade ambiental, com menos poluição e mais espaço para as pessoas, referiu diversas iniciativas em execução, como mais jardins, a remodelação da Praça de Espanha, a reabilitação da frente ribeirinha oriental, os corredores verdes, como o que ligará Alcântara à Praça de Espanha, o alargamento da rede ciclável, o aumento da oferta de transportes públicos, com mais autocarros ao serviço da Carris, e a gestão integrada dos transportes públicos a nível metropolitano.

No plano da economia e da inovação, o presidente da câmara destacou o aproveitamento das sinergias de eventos como a WebSummit, captando o interesse dos investidores por Lisboa, como é exemplo a criação do "Hub Criativo do Beato", para instalação de incubadoras de empresas inovadoras e tecnológicas. Finalmente, anunciou a intenção da autarquia enfrentar o "grande desafio de acesso à habitação que as capitais e as grandes cidades europeias enfrentam face aos crescentes custos". Para o efeito, enumerou diversos programas municipais que visam a construção de habitação para jovens e para a classe média", de modo a que a cidade possa manter a sua tradição de todos acolher e a sua coesão social.

Dirigindo-se especialmente aos diplomatas dos países cujas cidades integram a rede das "cidades magalhânicas", que integram o programa de comemorações dos 500 anos da viagem de circum navegação de Fernão Magalhães (2019-2022), Fernando Medina defendeu que a evocação desse feito do passado, ligando culturas e civilizações, pode contribuir para o reforço do diálogo entre culturas e a inclusão no sistema global das cidades integrantes, afirmando o princípio da unidade dos povos e da universalidade das civilizações.

No final, após o ritual de apresentação de cumprimentos, os diplomatas foram agraciados com momentos musicais proporcionados por um grupo da Escola de Jazz do Hot Club de Portugal.

Mais notícias sobre:
Cultura e Lazer, Município