Areeiro, Desporto

Receção às atletas da Taça do Mundo de Ginástica

25, Março 2015
  • Receção às atletas da Taça do Mundo de Ginástica Ritmica
    Receção às atletas da Taça do Mundo de Ginástica Ritmica
  • Receção às atletas da Taça do Mundo de Ginástica Ritmica
    Receção às atletas da Taça do Mundo de Ginástica Ritmica
  • Receção às atletas da Taça do Mundo de Ginástica Ritmica
    Receção às atletas da Taça do Mundo de Ginástica Ritmica
  • Receção às atletas da Taça do Mundo de Ginástica Ritmica
    Receção às atletas da Taça do Mundo de Ginástica Ritmica

Pelo terceiro ano consecutivo, Lisboa recebe e apoia uma prova de referência da ginástica mundial. As melhores atletas mundiais de ginástica rítmica, em representação de 30 seleções nacionais, estão já em Lisboa, para disputar a Taça do Mundo de Ginástica Rítmica, de 26 a 29 de março no Complexo Desportivo Municipal do Casal Vistoso.

As campeãs mundiais russas Yana Kudryavtseva e Margarita Mamun, e as ginastas nacionais Rafaela Valente, Maria Canilhas e Tânia Domingues, fazem parte do lote de 50 atletas individuais da competição, que conta com a presença de 30 equipas nacionais, com destaque para Portugal, Israel, Ucrânia, Azerbaijão, Bulgária, Espanha, Itália, e Rússia.

Para o vereador do Desporto da Câmara Municipal de Lisboa, a prova será "um estímulo para as atletas nacionais que vão competir com atletas ao mais alto nível". Jorge Máximo falava na receção às delegações nacionais, que teve lugar no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Lisboa.

Integrada no circuito de preparação para os Jogos Olímpicos de 2016, esta competição tem para a cidade uma "grande importância", projetando-a "para os grandes palcos da ginástica mundial", manifestou Jorge Máximo, dando conta da vontade da Câmara em continuar a trabalhar com a Federação de Ginástica de Portugal (FGP), "um bom parceiro da cidade".

O apoio da Câmara à competição, e à modalidade, como realçou o vice presidente da FGP, tem sido "essencial" para o crescimento da modalidade. Sem este apoio, afirmou Álvaro Sousa, "não teria sido possível chegar até aqui".

A venda de bilhetes, a preços muito acessíveis tendo em conta a "grande beleza e qualidade da prova", como salientaram os responsáveis da FGP, será "um dos principais suportes de evento". Prevendo uma vez mais lotação esgotada, a organização aconselha a sua aquisição atempada.

Mais notícias sobre:
Areeiro, Desporto