Mobilidade, Município

Rede de Bairros já circula em Marvila

11, Julho 2017
Arrancou hoje em Marvila o projecto da rede de carreiras de bairros com o lançamento das primeiras duas, 31B e 32 B. "Um dia histórico que marca o início de uma nova fase da Carris e na qualidade do serviço que presta aos cidadãos" disse o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa no dia da viagem inaugural.
  • Rede de Bairros já circula em Marvila
    Rede de Bairros já circula em Marvila
  • Rede de Bairros já circula em Marvila
    Rede de Bairros já circula em Marvila
  • Rede de Bairros já circula em Marvila
    Rede de Bairros já circula em Marvila
  • Rede de Bairros já circula em Marvila
    Rede de Bairros já circula em Marvila
  • Rede de Bairros já circula em Marvila
    Rede de Bairros já circula em Marvila
  • Rede de Bairros já circula em Marvila
    Rede de Bairros já circula em Marvila
  • Rede de Bairros já circula em Marvila
    Rede de Bairros já circula em Marvila
  • Rede de Bairros já circula em Marvila
    Rede de Bairros já circula em Marvila
  • Rede de Bairros já circula em Marvila
    Rede de Bairros já circula em Marvila
  • Rede de Bairros já circula em Marvila
    Rede de Bairros já circula em Marvila
  • Rede de Bairros já circula em Marvila
    Rede de Bairros já circula em Marvila
  • Rede de Bairros já circula em Marvila
    Rede de Bairros já circula em Marvila

As novas linhas que têm como principal objetivo gerar maior proximidade na ligação às infraestruturas mais importantes dos bairros, como escolas, jardins de infância, centros de saúde, mercados, farmácias, serviços e estações de metro. A ideia é reforçar a mobilidade local, criando complementaridade à rede já operada pela CARRIS.

"O lançamento destas linhas marcam o início de uma nova fase da Carris, da sua expansão e melhoria do serviço, onde as pessoas podem confiar no transporte público para responder as suas necessidades de mobilidade", começou por lembrar Fernando Medina, na Biblioteca de Marvila, minutos antes da viagem inaugural.

É a primeira vez em 17 anos que a Carris lança uma nova carreira de autocarros. A última tinha sido criada em 2000, era Jorge Sampaio Presidente da República, não havia youtube nem facebook e os bilhetes ainda ainda pagos em escudos. 

No primeiro dia da vida das duas novas Carreiras da Rede de Bairros, a 31B que liga o Vale Formoso ao Bairro dos Alfinetes e a 32B entre as Amendoeiras e a Belavista, a viagem inaugural decorreu entre a Biblioteca de Marvila e a Escola Secundária D. Dinis, num percurso de cerca de três quilómetros.

As novas linhas vão servir diariamente cerca de 40 mil pessoas colmatando uma falha numa das freguesias da cidade com maior carência em matéria de transportes públicos, "esta é, pois, uma boa decisão que resulta num grande projeto ao serviço das pessoas", justificou Fernando Medina.

Para Tiago Farias, Presidente do Conselho de Administração da Carris as redes de bairro são um novo conceito e uma solução de futuro na mobilidade da cidade.

As novas carreiras

Além das novidades de Marvila, nesta primeira fase passam a estar incluídas nas carreiras de Bairro duas linhas já existentes, mas que tiveram os seus trajetos revistos: o 779 nos Olivais, (que passa a 29B) e o 757 em Santa Clara (que fica como 40B). No Parque das Nações, a carreira 400 também como 26B, mantém o mesmo percurso devendo ser reformulado em setembro.

As carreiras de bairro vão funcionar os sete dias da semana, entre as 7 e as 22 horas. Nos dias úteis com uma frequência média de 30 minutos e aos fins-de-semana de hora a hora.

Todos os títulos existentes atualmente na Carris são válidos para estes novos percursos. Será ainda criado um passe “Carreiras de Bairro”, exclusivamente para a utilização destas carreiras, que terá um custo de 10€ por 30 dias.

No final de junho,a Câmara de Lisboa debateu  a introdução de quatro carreiras na Carris no âmbito desta rede, prevendo que até ao final do ano de 2018, todas as 21 linhas propostas possam estar em pleno funcionamento.

O objetivo da CARRIS é assegurar, pelo menos, uma carreira de bairro por freguesia, prevendo-se conclusão total da rede em 2019.

Mais autocarros e mais motoristas

A aposta da autarquia passa por continuar a"devolver a confiança às pessoas no serviço público de transporte", diz Medina. 

A revisão dos tarifários para os mais velhos permitiu em, apenas 4 meses, um aumento de mais 460 mil viagens  e a gratuitidade para as crianças cerca de 100 mil nesta faixa etária.

Foi lançado o concurso para aquisição de  165 novos autocarros e a decorrer está também o processo para a contratação de 42 motoristas e guarda freios.

 

Array
Mais notícias sobre:
Mobilidade, Município