Cultura e Lazer, Urbanismo

Rossio de Palma, uma praça com alma

23, Março 2019
Concluída a renovação urbana do Rossio de Palma, no âmbito do projeto “Uma Praça em cada Bairro - intervenções em espaço público”, o largo foi também alvo de uma intervenção social e cultural, hoje apresentada no local, com a participação da vereadora da Cultura, Catarina Vaz Pinto.
  • Rossio de Palma, Uma Praça em Cada Bairro
    Rossio de Palma, Uma Praça em Cada Bairro
  • Rossio de Palma, Uma Praça em Cada Bairro
    Rossio de Palma, Uma Praça em Cada Bairro
  • Rossio de Palma, Uma Praça em Cada Bairro
    Rossio de Palma, Uma Praça em Cada Bairro
  • Rossio de Palma, Uma Praça em Cada Bairro
    Rossio de Palma, Uma Praça em Cada Bairro
  • Rossio de Palma, Uma Praça em Cada Bairro
    Rossio de Palma, Uma Praça em Cada Bairro
  • Rossio de Palma, Uma Praça em Cada Bairro
    Rossio de Palma, Uma Praça em Cada Bairro
  • Rossio de Palma, Uma Praça em Cada Bairro
    Rossio de Palma, Uma Praça em Cada Bairro
  • Rossio de Palma, Uma Praça em Cada Bairro
    Rossio de Palma, Uma Praça em Cada Bairro
  • Rossio de Palma, Uma Praça em Cada Bairro
    Rossio de Palma, Uma Praça em Cada Bairro
  • Rossio de Palma, Uma Praça em Cada Bairro
    Rossio de Palma, Uma Praça em Cada Bairro

Perante uma assembleia de moradores, autarcas, entidades parceiras e artistas, Catarina Vaz Pinto congratulou-se pelo cumprimento de um dos objetivos deste programa, dar vida às praças e, em particular, a este bairro.


“Trabalhamos para que a cultura seja um dos pilares do desenvolvimento sustentável", disse a vereadora, acrescentando que conhecer as pessoas e a história da Palma foi um trabalho desenvolvido pela autarquia em conjunto com a Junta de Freguesia de São Domingos de Benfica, moradores, ex-moradores e entidades locais. Estão previstas atividades mensais, bem como a presença regular da Biblioteca Itinerante. "A cultura é o que faz as pontes entre as pessoas", concluiu.

As histórias de vida estão retratadas na instalação “Portal de Palma”, uma peça em arco pelo coletivo Warehouse, feita de bancos com fotografias antigas cedidas pelos moradores. Os bancos que compõem a instalação terão uma nova vida nos restaurantes e cafés do bairro.

A artista britânica Camilla Watson apresentou a sua exposição “Memória pelos pés” com fotografias cedidas pela população e impressas sobre a própria calçada da Praça Rossio de Palma. Foram recolhidas mais de 150 fotografias, que vão agora integrar o Arquivo Municipal.

Por fim foi transmitido o vídeo “Histórias e Memórias – Rossio de Palma”, realizado pela Videoteca Municipal a partir de testemunhos orais dos moradores da Palma de Baixo.

Saiba mais sobre a “Agenda 21 para a Cultura”, uma rede de cidades unidas na promoção da autonomia local e desenvolvimento cultural, da qual Lisboa faz parte.


Array
Mais notícias sobre:
Cultura e Lazer, Urbanismo