Segurança

Sapadores Bombeiros de Lisboa vão ter dois novos quartéis

19, Maio 2017
Até ao Verão, Lisboa vai ter dois novos quartéis de bombeiros. Alta de Lisboa e Martim Moniz vão acolher as novas instalações do Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa, que vai, ainda este ano, ver requalificado o quartel de Chelas, e receber mais 100 elementos operacionais.
  • Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
    Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
  • Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
    Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
  • Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
    Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
  • Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
    Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
  • Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
    Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
  • Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
    Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
  • Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
    Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
  • Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
    Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
  • Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
    Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
  • Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
    Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
  • Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
    Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
  • Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
    Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
  • Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
    Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
  • Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
    Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
  • Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
    Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
  • Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
    Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
  • Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
    Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
  • Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
    Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
  • Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
    Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
  • Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
    Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
  • Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB
    Dia da Unidade celebra 622 anos do RSB

A garantia foi dada hoje por Fernando Medina, na cerimónia que presidiu, para assinalar o Dia da Unidade, da "mais antiga corporação de bombeiros em Portugal". O Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa celebra este ano 622 anos de história.

A cerimónia, realizada na Praça do Império, em Belém, foi sobretudo um dia especial para os 45 novos bombeiros sapadores, que, após um ano de recruta, hoje juraram defender os lisboetas e a cidade "ainda que com risco da própria vida". Os machados, que orgulhosamente receberam dos seus “camaradas” mais velhos, simbolizam a passagem de testemunho, numa tradição que a instituição municipal mantém ao longo da sua história.

Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, deu nota da “incansável dedicação à causa pública”, por parte do RSB, que, assinalou, assegura a segurança e o bem estar dos lisboetas. 

O RSB, conhecido pela sua preparação constante, conquistou o respeito da autarquia e dos lisboetas, disse o autarca. A “excelência” resulta da “competência do comando” e dos seus operacionais, salientou Medina, “aliado ao investimento sem precedentes nos últimos anos” por parte da CML.

O RSB é “o guardião da cidade de Lisboa”, uma cidade que é o orgulho de todos nós, começou por dizer Jaime Marta Soares, presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses.  Manifestando-se “orgulhoso” de pertencer a “este grande exército da paz”, Marta Soares deixou uma palavra de reconhecimento à autarquia de Lisboa que, “em boa hora” procurou estabelecer protocolos com as corporações de bombeiros voluntários da cidade, na procura de condições mais modernas e mais eficazes.

Para o comandante desta força municipal, Pedro Patrício, “o bombeiro continua a ser o ativo mais valioso do RSB”. Palavras que, seguramente, servirão de incentivo aos novos bombeiros sapadores, que vão ser colocados nos 11 quartéis de Lisboa.

No final da cerimónia, que começou com uma homenagem aos bombeiros mortos em serviço, as forças em parada, constituídas por cerca de 250 bombeiros e 19 viaturas, desfilaram perante a tribuna, onde se encontrava Carlos Manuel Castro, vereador da Segurança e Proteção Civil.

Em 2016, de acordo com dados do RSB, foram levadas a cabo 4 773 operações no âmbito da proteção, 18 223 ações de socorro, e ministradas cerca de 4 mil horas de formação. 

Mais notícias sobre:
Segurança