Mobilidade

Semana Europeia da Mobilidade

10, Setembro 2013
  • Semana da Mobilidade - Apresentação
    Semana da Mobilidade - Apresentação
  • Semana da Mobilidade - Apresentação
    Semana da Mobilidade - Apresentação
  • Semana da Mobilidade - Apresentação
    Semana da Mobilidade - Apresentação
  • Semana da Mobilidade - Apresentação
    Semana da Mobilidade - Apresentação
  • Semana da Mobilidade - Apresentação
    Semana da Mobilidade - Apresentação

Em plena Avenida da Liberdade, num agradável fim de tarde, em 3 de setembro, dia que assinala o arranque da Semana Europeia da Mobilidade, o vereador Fernando Nunes da Silva anunciou a programação para Lisboa. Este ano, a jornada de sensibilização é subordinada ao tema “Ar limpo – Está nas tuas mãos” e alonga-se por praticamente três semanas. 

O Dia Europeu Sem Carros realiza-se no fim de semana de 21 e 22, marcando o final desta edição de 2013. 

Animação nos Quiosques da Avenida, música, um Rally Papper e um passeio de bicicleta entre Lisboa e Almada, corridas, exposições e colóquios são algumas das atividades previstas no programa, com o objetivo de despertar consciências em todos quantos vivem, trabalham ou passeiam na cidade para a importância da mobilidade sustentável. 

Pela primeira vez, a Câmara de Lisboa organiza a Semana Europeia da Mobilidade e o Dia Europeu sem Carros em parceria com a EMEL - Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa – e Fernando Nunes da Silva destaca esse facto: “apraz-me registar isto porque acho que é mais um passo em frente no sentido da EMEL ser de facto uma empresa municipal de mobilidade e não apenas de estacionamento”.

Esforço adicional

O vereador informou que, com o alargamento da Semana da Mobilidade, se procurou “fazer um esforço adicional, e temos vindo a fazê-lo de ano para ano, no sentido de aproveitar a visibilidade que normalmente acontece nesta altura”.

O autarca, detentor do pelouro da mobilidade na Câmara de Lisboa, considera que para além das ações de sensibilização que é habitual fazer-se nesta semana, o programa deste ano tem também o objetivo de preparar a intervenção futura. “O problema dos modos suaves, do andar a pé, da bicicleta ou das alternativas de transporte é uma questão absolutamente essencial para resolvermos as questões da mobilidade na cidade de Lisboa, pelo que vamos continuar a dar um apoio muito forte a estas questões”, afirma.

De entre as várias iniciativas programadas consta uma conferência sobre Zonas de Emissões Reduzidas e Fernando Nunes da Silva confessa que o projeto “teve resultados maiores do que estaria à espera” lembrando que as alterações na Avenida da Liberdade contribuíram para uma redução de 16 por cento na concentração de emissões poluentes naquela zona.

Consulte aqui o programa (atualizado 17 setembro, 20h00)

Array
Mais notícias sobre:
Mobilidade