Municipio

Seminário Internacional – Gestão das Pessoas na Administração Pública

18, Maio 2017
Nos dias 18 e 19 de maio tem lugar no Museu do Oriente, na sala Stanley Ho, no 5º piso, o Seminário Internacional sobre Gestão de Pessoas na Administração Pública onde se reúne um vasto leque de oradores, nacionais e estrangeiros que ao longo de dois dias refletem sobre o estado atual da gestão dos recursos humanos públicos.

Na sessão de abertura, o vice-presidente da CML, Duarte Cordeiro, agradeceu a presença e participação de todos, lembrando a importância do setor no serviço ao cidadão e a necessidade de permanente adaptação face às exigências contemporâneas não só pela pressão dos avanços tecnológicos como também face às expectativas da população que o setor público serve.

Seguiu-se a primeira mesa do dia, moderada pela diretora municipal dos Recursos Humanos da CML, Fátima Fonseca, e que contou com a presença de diretora-geral da Administração e do Emprego Público, Joana Ramos, e o Director of the Academy of Public Administration, Klaus Hartmann, de Viena, que traçaram um retrato sobre as perceções e o atual estado da arte do setor público, em Portugal e na Europa.

Um leque alargado de profissionais de Recursos Humanos do setor público e privado, nacional e internacional, decisores políticos, investigadores e jornalistas partilham em Lisboa, experiências sobre questões que interessam a todos nós e antecipam o que poderá vir a ser a gestão de pessoas e das profissões. Discussão fundamental num momento de rápida mudança, pela conjugação de fatores relacionados com as novas tecnologias de informação, modalidades de trabalho à distância, as expectativas das novas gerações cada vez mais preparadas academicamente. Ou matérias como a conciliação do trabalho e da vida pessoal, num mundo em que os e-mails e as mensagens podem chegar a qualquer momento.

A Gestão das Pessoas na Administração Pública é o tema do seminário que a Câmara Municipal de Lisboa organiza esta quinta e sexta, na Fundação Oriente - Museu. Encontro que junta as mais importantes entidades ligadas ao mundo do trabalho para pensar nos modelos e soluções futuras. Perguntas como o «Bem-estar pode existir no local de trabalho?», estruturar as condições de laboração com foco nas pessoas, ou as qualificações que serão exigidas no futuro são matérias para o debate, que aborda questões transversais em termos de recursos humanos e da qualidade de vida das pessoas no ambiente laboral.

Os possíveis modelos de gestão de RH no setor público, o alinhamento do desempenho individual e das organizações, as competências exigidas no futuro serão objeto de intervenções de especialistas nacionais e representantes de organismos internacionais convidados. O seminário traça, assim, um mapa que nos dá informação sobre como diferentes países estão a lidar com situações que são colocadas pelas novas tecnologias no trabalho, riscos psicossociais que se podem levantar numa incorreta gestão do trabalho, e ainda, a participação dos trabalhadores no desenvolvimento do ambiente de trabalho saudável.

 

As pessoas são o mais importante

No encerramento do seminário, o vereador com os Recursos Humanos e Finanças da autarquia afirmou a primazia dos recursos humanos na gestão da autarquia. "Vêm primeiro que os financeiros", sublinha, "pois são o ativo mais importante de uma organização como a nossa."

O vereador valorizou a importância do encontro, que, revela, teve em cada dia uma participação permanente de aproximadamente 250 pessoas, e agradeceu especialmente a toda a equipa da direção de recursos humanos na preparação do evento. 

Para João Paulo Saraiva "é importante investir nas pessoas", particularmente num período em que os trabalhadores ainda sentem os impactos das políticas de austeridade levadas a cabo nos últimos anos. "É preciso repensar as carreiras profissionais", defende, incluindo a "necessidade urgente de introduzir fatores como prémios de produtividade". Boas condições de trabalho, aposta numa liderança de proximidade e valorização da negociação coletiva são outras premissas que o vereador advoga para uma boa gestão de recursos humanos. 

Veja aqui o programa e aqui as notas biográficas dos oradores. 

Array
Mais notícias sobre:
Municipio