Ambiente

Sessão de abertura da ECCA – European Climate Change Adaptation – no CCB

28, Maio 2019
Durante três dias Lisboa recebe a maior conferência europeia dedicada às alterações climáticas. Mais de um milhar de participantes, e mais de quinhentas apresentações que juntam cientistas, investigadores, empresários e políticos, estão reunidos durante três dias, 28, 29 e 30 de maio, no CCB para uma profícua troca de experiências e de reflexões sobre as alterações do clima.
  • ECCA – European Climate Change Adpatation
    ECCA – European Climate Change Adpatation
  • ECCA – European Climate Change Adpatation
    ECCA – European Climate Change Adpatation
  • ECCA – European Climate Change Adpatation
    ECCA – European Climate Change Adpatation
  • ECCA – European Climate Change Adpatation
    ECCA – European Climate Change Adpatation
  • ECCA – European Climate Change Adpatation
    ECCA – European Climate Change Adpatation
  • ECCA – European Climate Change Adpatation
    ECCA – European Climate Change Adpatation
  • ECCA – European Climate Change Adpatation
    ECCA – European Climate Change Adpatation
  • ECCA – European Climate Change Adpatation
    ECCA – European Climate Change Adpatation

Bénédicte Paviot, jornalista da BBC, foi a moderadora do painel de abertura do encontro, que reuniu no mesmo palco, o ministro do ambiente, João Pedro Matos Fernandes, o presidente da câmara de Lisboa, Fernando Medina, o comissário europeu para a ajuda humaniária, Christos Stylandes, Daniela Jacob do Climate Service Center Germany e Yvon Singenberg, diretora-geral para a ação climática da Comissão Europeia. 

João Pedro Matos Fernandes referiu alguns dos impactos de mudanças climáticas que se têm vindo a sentir no território português, como a intensidade dos incêndios florestais ou a degradação da orla costeira. Referiu também os esforços que o país tem estado a mobilizar para fazer face a estas ameaças. 

Christos Stylandes apelou ao envolvimento do sector privado e dos cidadãos na exigência de políticas fortes face às alterações climáticas, referindo Portugal como exemplo de um país que tem feito um esforço exemplar para adotar políticas de contenção das alterações climáticas. 

Fernando Medina deu as boas vindas a todos os participantes salientando a importância desta conferência em Lisboa. Referiu que o momento para tomar ações e atitudes face às alterações climáticas é agora. "É este o momento". As cidades são o campo onde se decidirá a batalha das alterações climáticas. Para isso é necessário a mobilização de todos os atores e decisores para esta problemática através de ações concretas. “Já percebemos o problema, já percebemos as estratégias, precisamos agora de saber o que temos de fazer no concreto, no nosso dia a dia”.  Questionado por Bénédicte Paviot sobre o que pessoalmente tem feito no seu dia a dia, Fernando Medina referiu o cuidado com a gestão da água, uma vez que este é um bem fundamental no atual contexto de alterações climáticas no nosso país, a reciclagem e os valores ambientais que procura passar aos seus filhos. "Se cada um fizer a sua parte, conseguiremos introduzir mudanças". Enunciou também os esforços que Lisboa tem vindo a implementar para o reaproveitamento de águas pluviais e o investimento nas zonas verdes da cidade. 

No stand que CML colocou no átrio do grande auditório do CCB, a assinalar a sua participação neste evento, teve lugar uma cerimónia da Rede de Municípios para a Adaptação Local às Alterações Climáticas, de que Lisboa faz parte, onde Sá Fernandes, vereador com o pelouro do ambiente, clima e energia, reforçou a necessidade de ações conjuntas trans-municipais para fazer face às alterações climatéricas e reduções de carbono. 

Seguiram-se os trabalhos deste primeiro dia. Saiba mais aqui

Lisboa foi palco hoje de uma reunião da Rede Nacional de Municípios para Adaptação às Alterações Climáticas.

O evento decorreu à margem da ECCA2019 (Congresso Europeu de Adaptação às Alterações Climáticas) que decorre em Lisboa entre 28 e 31 de Maio.

Criada em 2016, a Rede pretende-se promover e articular boas práticas e fomentar uma agenda comum em matéria de adaptações climáticas.

José Sá Fernandes, Vereador do Ambiente, Estrutura Verde, Clima e Energia da Câmara Municipal de Lisboa foi o anfitrião deste encontro.

 

Municípios Representados hoje para além de Lisboa:

CM LOULÉ

CM GUIMARÃES

CM FUNCHAL

CM ODEMIRA

CM AMARANTE

CM BRAGA

CM CASCAIS

CM CASTELO BRANCO

CM CORUCHE

CM FERREIRA DO ALENTEJO

CM FIGUEIRA DA FOZ

CM LAGOS

CM LEIRIA

CM MAFRA

CM VILA FRANCA DO CAMPO

CM VILA FRANCA DO CAMPO

CM SEIA

 

Array
Mais notícias sobre:
Ambiente