Ambiente, Santa Maria Maior

Sharing Lisboa - Mercado Social Digital

09, Novembro 2018
Três escolas de Lisboa concorrem entre si para ver qual a que tem comportamento mais sustentável através da App Sharing Lisboa.
  • Sharing Lisboa - Projeto-piloto Mercado Social Digital
    Sharing Lisboa - Projeto-piloto Mercado Social Digital

O Sharing Lisboa, uma experiência-piloto ao nível europeu com o objetivo de promover comportamentos ambientalmente mais sustentáveis, foi lançado hoje, dia 9 de novembro, nos Paços do Concelho, com a presença do vereador José Sá Fernandes.

O vereador com o pelouro do Ambiente, Estrutura Verde, Clima e Energia explicou o projeto considerando um dos grandes objetivos desta partilha, “aproximar os cidadãos à cidade, através de um conjunto de benefícios e recompensas, aumentando a participação com recurso às novas tecnologias, nesta experiência piloto que procura ser um plano de ação inovador para criar cidades inteligentes”, concluiu Sá Fernandes.

José Sá Fernandes adiantou que o objetivo final será que “as pessoas percebam que se tiverem estes comportamentos ambientais melhores têm uma recompensa”. Com este projeto as escolas vão receber uma recompensa monetária. “Quem for a escola mais eficiente recebe 20 mil euros mas quem perder também recebe 5 mil euros. Isto pode ser replicado nas nossas vidas" sublinha o vereador.

Após a apresentação dos programas Sharing Cities e Sharing Lisboa, o vereador José Sá Fernandes como presidente da Lisboa E-Nova, Maria Amélia Mota Santos, administradora da Lisboa E-Nova e os diretores dos agrupamentos de Escolas das Olaias, Manuel da Maia e Nuno Gonçalves assinaram os protocolos relativos ao projeto Sharing Lisboa. 

Este Mercado Social Digital funciona através da App Sharing Lisboa, onde cada comportamento sustentável - andar a pé, usar bicicleta ou frequentar o comércio local - gera pontos que reverterão para as escolas envolvidas.

Estas três escolas, EB 2,3 Nuno Gonçalves, EB 2,3 Manuel da Maia e EB 2,3 das Olaias, competirão entre si para a obtenção de um prémio final. Para isso deverão adotar comportamentos sustentáveis que melhorem a eficiência energética da escola, que se converterão em pontos e, simultaneamente unir esforços apelando ao apoio da comunidade envolvente para que se registe na App e contribua ativamente gerando pontos para a sua causa.

O Sharing Lisboa desenvolve-se no âmbito do Programa Sharing Cities, financiado pela União Europeia, que une municípios, cidadãos e empresas em Lisboa, Londres e Milão, com o objetivo de aumentar a qualidade de vida nas cidades e contribuir para a sustentabilidade local.

Em Lisboa o Programa Sharing Cities é implementado por um consórcio constituído pela Câmara Municipal de Lisboa, Lisboa E-Nova, Instituto Superior Técnico, Reabilita, CEiiA, EDP Distribuição, Altice Labs e EMEL.

No final da cerimónia os presentes foram convidados a visitar o showroom de projetos Sharing Cities localizado na Praça do Município, 31.

 

Mais informações aqui sobre o projeto Sharing Lisboa.

Mais notícias sobre:
Ambiente, Santa Maria Maior