Educação, Investir, Município

Study in Lisbon Lounge fez um ano

06, Março 2018
Entre março e dezembro do ano passado foram atendidos 1 200 estudantes internacionais neste espaço, destinado a acolher, apoiar e encaminhar aqueles que escolhem Lisboa para estudar.

O Study in Lisbon Lounge celebrou, no dia 2 de Março, o seu primeiro aniversário, com um encontro informal entre colaboradores e parceiros do projeto, que se destina a acolher diariamente os estudantes e investigadores internacionais e a prestar apoio durante a sua permanência na cidade. No encontro participaram também as Associações Erasmus e o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras. 

Instalado na Praça Carlos Fabião, perto da Cidade Universitária, o Lounge disponibiliza uma ampla e diversificada gama de serviços aos estudantes internacionais que o visitam, como assuntos relacionados  com os vistos e passaportes, questões relacionadas com o  alojamento, abertura de contas bancárias, sistema de transportes em Lisboa, cursos de português, oportunidades de emprego ou estágios, entre outros. 

No encontro, em que foi feito um balanço do primeiro ano de atividade, abordaram-se ainda perspetivas de futuro.

Entre março e dezembro do ano passado aquele espaço atendeu em média 120 estudantes internacionais por mês, perto de metade oriundos do Brasil, cerca de 30 por cento dos países africanos de língua oficial portuguesa (PALOP’s) e 12 por cento do Médio Oriente, Ásia e Oceania. Do espaço europeu foram cinco por cento os estudantes a visitar o Lounge, número ultrapassado em um ponto percentual pelos oriundos da América, já os oriundos de África, excluindo os PALOP’s, foram apenas dois por cento. 

Cerca de 50 por cento vieram a Lisboa frequentar aulas de Mestrado, em licenciatura estiveram pouco mais de um terço e a cidade foi ainda escolhida por 15 por cento dos estudantes para doutoramentos, pós-graduações e pós doutoramentos. 

Registo ainda para uma superioridade do sexo feminino, quase 60 por cento.

Mais notícias sobre:
Educação, Investir, Município