Cultura e Lazer

Teatro São Luiz festeja 125 anos

23, Maio 2019
  • A Filha do Tambor-Mor
    A Filha do Tambor-Mor

A opereta A Filha do Tambor-Mor, de Jacques Offenbach, com que se inaugurou o então Teatro D. Amélia (hoje Teatro Municipal de São Luiz) a 22 de maio de 1894, estreou no mesmo dia 125 anos depois, de modo a assinalar o redondo aniversário.

Na ocasião, o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, a vereadora da Cultura, Catarina Vaz Pinto, a presidente da EFEAC - Equipamentos e Animação Cultural de Lisboa, Joana Gomes Cardoso, e a diretora desta sala de espetáculos, Aida Tavares, cortaram o bolo de aniversário e brindaram ao futuro do teatro.

Antes deste ato simbólico, que foi seguido de festa com a presença de muita gente ligada ao teatro, às artes e à cultura, 150 artistas subiram ao palco da emblemática sala do Chiado para repor a opereta A Filha do Tambor-Mor, tal como há 125 anos atrás (então interpretada pela Companhia Gargano, de Itália), agora numa encenação de António Pires, com a direção musical e de orquestra de Cesário Costa.

Este espetáculo permanecerá em cena até ao próximo domingo, 26 de maio.

Array
Mais notícias sobre:
Cultura e Lazer