Cultura e Lazer, Mobilidade

Viaduto pedonal do MAAT já abriu

11, Julho 2018
A estrutura, que passa sobre a Avenida da Índia e a linha férrea, permite aceder à cobertura do museu mas também facilita o acesso ao estacionamento da Coordoaria Nacional.

O novo viaduto sobre a avenida da Índia, em Belém, que liga a cobertura do Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT) ao largo Marquês da Angeja, abriu ao público em 10 de julho.

A passagem, que inclui o tabuleiro pedonal e uma ciclovia, foi também construída para facilitar o acesso ao estacionamento da Cordoaria Nacional. Tem 123,7 metros de comprimento, revelou à agência Lusa fonte da Fundação EDP.  

Projetado pela arquiteta britânica Amanda Levete, autora do projeto do MAAT, o viaduto passa sobre a avenida e a linha férrea para permitir o acesso à cobertura do museu, está aberto durante 24 horas e foi construído em aço, betão armado e lajes mistas no tabuleiro, com um pavimento permeável e iluminação LED inserida no corrimão.

Integrado no projeto arquitetónico do MAAT, "mantém as linhas fluídas que caracterizam a obra de Amanda Levete" (ateliê AL_A), e possui uma estrutura curva, com acesso para pessoas com mobilidade reduzida.

O MAAT foi inaugurado a 05 de outubro de 2016, e o recinto e interior, na zona de Belém, acolheu, na altura, mais de 60 mil pessoas, segundo números divulgados então pela Fundação EDP.

Fonte: Lusa

Mais notícias sobre:
Cultura e Lazer, Mobilidade