Município

Visita do Presidente da Costa do Marfim

12, Setembro 2017
  • Visita do Presidente da Costa do Marfim
    Visita do Presidente da Costa do Marfim

O Presidente da República da Costa do Marfim, Alassane Ouattara, foi recebido nos Paços do Concelho de Lisboa, no dia 12 de setembro, no âmbito da sua visita de Estado a Portugal. O estadista, acompanhado pelo edil lisboeta, Fernando Medina, passou revista à Guarda de Honra, a um batalhão da Guarda Nacional Republicana com Banda e Estandarte, que executou o hino nacional dos dois países, e recebeu cumprimentos da Vereação, antes de subir ao Salão Nobre.

No seu discurso de boas vindas, Fernando Medina manifestou a sua satisfação pela primeira visita de um Chefe de Estado da Costa do Marfim a Portugal, dada a "crescente importância das relações bilaterais entre os dois países e a recente abertura de uma embaixada em Lisboa", período em que as relações económicas têm vindo a "evoluir favoravelmente", registando-se ainda a criação de uma Câmara de Comércio e Indústria Portugal-Costa do marfim e o estabelecimento de ligações aéreas entre Lisboa e Abidjan. O autarca recordou as relações históricas entre Portugal e esta região africana do Golfo da Guiné, que os navegadores portugueses João de Santarém e Pedro Escobar foram os primeiros europeus a alcançar, fazendo de Portugal a única nação da Europa a aí manter presença até finais do século XVI.

Fernando Medina registou com "interesse" a solicitação marfinense do país integrar a CPLP - Comunidade de Países de Língua Portuguesa como observador e de o português ter passado a ser língua de opção no sistema de ensino público naquele estado africano, sugerindo ainda a possibilidade de incrementar as relações entre as duas cidades capitais, quer no âmbito da UCCLA - União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa, quer ao nível bilateral, aventando a hipótese de estabelecimento de protocolo de cooperação. O autarca lisboeta terminou a sua intervenção convidando a comitiva visitante a conhecer melhor Lisboa, uma "cidade secular, cruzamento de culturas e civilizações e exemplo de integração das diversas comunidades".

Depois de presidente marfinense ter sido obsequiado com a Chave da Cidade e de ter assinado o Livro de Honra do Município, o Chefe de Estado da Costa do Marfim agradeceu a receção, declarando-se "muito feliz por estar neste magnífico edifício ena bela, calorosa e acolhedora cidade de Lisboa". Alassane Ouattara destacou o facto de a capital portuguesa ser hoje "uma cidade moderna, onde a qualidade e a vitalidade da vida fazem dela uma das mais apreciadas e visitadas na Europa", expressando o desejo de Lisboa poder ser um "modelo para as cidades africanas em desenvolvimento, fazendo co-habitar a cidade antiga e a sua história com a cidade moderna", capaz de resolver os problemas de mobilidade e acesso aos serviços sócio-económicos.

O presidente africano terminou apelando ao "reforço da cooperação descentralizada entre as cidades e regiões dos dois países", manifestando o desejo de ver avançar o processo de geminação entre as duas cidades, o que poderá "contribuir para a cooperação nas áreas do turismo e da cultura, onde Lisboa tem vasta experiência".
No final da receção, seguiu-se a habitual apresentação de cumprimentos a ambos os presidentes por parte dos elementos da comitiva marfinense, da Vereação e do Corpo Diplomático.

Array
Mais notícias sobre:
Município