Workshop : Como Tornar Lisboa uma cidade mais Resiliente

12, Dezembro 2017
Integrado no projeto H2020 RESILENS– Realising European Resilience for Critical Infrastructure, teve lugar, no dia 12 de dezembro, na Sala do Arquivo, dos Paços do Concelho, um workshop subordinado ao tema “Como tornar Lisboa uma cidade mais Resiliente - Uma oportunidade para fortalecer comunidades".

Foram constituídos diferentes grupos de trabalho composto por vários  especialistas nacionais, que contribuem para a resiliência da cidade de Lisboa em cenário de disrupção. A cada grupo coube um tema relevante que passou pela Informação Pública, Meios e Recursos, Saúde, Operações, Serviço Técnico e Apoio à População. Na introdução foi feito o enquadramento dos conceitos e modos de intervenção relativamente à operacionalização da resiliência na cidade atingida por situações disruptiva, como seja qualquer tipo de catástrofe. 

Ao longo de 3 dias pretende-se que os especialistas presentes, e com recurso a exercícios de dinâmica de grupo, identifiquem “boas práticas” que fortaleçam parcerias e que contribuam para o mapeamento e análise das interdependências entre os sectores chave dos domínios, político, financeiro, ambiental e social, com destaque para as infraestruturas críticas resilientes. Num segundo exercício pretende-se analisar como “Incrementar a comunicação em situação de disrupção”.

Durante o primeiro dia foi apresentado no painel “Fortalecer Parcerias”, duas comunicações complementares ao tema em estudo, uma da autoria da Autoridade Nacional de Proteção Civil, “Guia de boas práticas de resiliência em infraestruturas críticas”, outra pelo Laboratório Nacional de Engenharia Civil sobre o projeto “RESCCUE – RESilience to cope With Climate Change in Urban arEas – Lisbon case study”, projeto europeu do qual a CML é igualmente parceira. 

Esta foi uma organização da Câmara Municipal de Lisboa e contou com o apoio da EDP e da Factor Social, bem como com equipas pluridisciplinar da CML e um conjunto de parceiros externos, públicos e privados.