“Guerrero” por Eduardo Guerrero

29 
de novembro
 - 21:00h

Eduardo Guerrero, bailarino e coreógrafo pertence à mais recente geração do flamenco e que já demonstrou que o talento é algo inato e que lhe corre nas veias. Para além de uma estética contemporânea possui um profundo conhecimento do flamenco; com um físico imponente e grande carisma, triunfa onde dança.A crítica destaca a sua técnica e sapateado poderoso, as suas voltas perfeitas e sobretudo, a sua elegância, sendo esta o seu selo de identidade.


Neste espetáculo, Eduardo centra a sua relação com as mulheres nesse território limite onde o sentimento convive com a sensualidade. É em linhas gerais, o seu pretexto, fazer da guerra uma arte.