Intervenções no arvoredo da cidade – julho

05 de julho
 a 05 de outubro

A Câmara Municipal de Lisboa autorizou, no âmbito do programa municipal de gestão e manutenção dos espaços verdes, o abate e remoção de árvores secas ou decrépitas, em risco de queda ou em mau estado fitossanitário e que podem constituir, por isso, em caso de rotura, um perigo para a segurança de pessoas e bens, nos seguintes arruamentos ou locais da cidade:

- Bairro da Liberdade
- Rua Interior à Estrada da Correia
- Avenida Rainha Dona Amélia
- Alameda das Linhas de Torres
- Avenida Santos Dumont
- Rua Violante do Céu
- Avenida Almirante Reis
- Rua Pedro de Queirós Pereira
- Rua Carvalhão Duarte nº 2
- Estrada de Monsanto (Embaixada do México)
- Impasse à Rua Sousa Loureiro
- Rua de São Domingos de Benfica oposto ao nº 55
- Rua Helena Vaz da Silva nº 42
- Casa de Função – Parque Recreativo Moinhos de Santana
Quinta Pedagógica dos Olivais
- Quinta Conde dos Arcos
- Rua Padre Abel Varzim
- Largo da Ramada Curto
- Rua Alves Gouveia
- Quinta Conde dos Arcos (Parque hortícola)
- Rua Possidónio da Silva
- Rua Henrique Barrilaro Ruas
- Tapada das Necessidades
- Rua de Cascais
- Rua Conde de Almoster
- Rua Saraiva de Carvalho
- Cais do Gás
- Rua Martens Ferrão
- Avenida Duque D’Ávila
- Alameda da Cidade Universitária
- Avenida da Igreja
- Garagem dos Olivais 2
- Parque Eduardo VII
- Rua Pedro Calmon


Estas intervenções estão fundamentadas em avaliações técnicas efetuadas pelos Serviços da CML e as árvores serão, em regra, substituídas por outras da mesma espécie ou de espécies adequadas ao local.