Início » Investir » Setores Estratégicos » Cidade da Saúde

Cidade da Saúde

Em Portugal o VAB das empresas do setor da saúde e bem-estar atingiu, em 2009, 7,1% do VAB total. A indústria da saúde e do bem-estar encontra-se na confluência de duas tendências pesadas: o envelhecimento da população e o desenvolvimento do sector tecnológico. Por esta razão, o potencial de crescimento deste setor é muito elevado, continuando a surgir novos fármacos e a crescer áreas emergentes como a genómica, a bioinformática e as tecnologias de informação aplicadas à saúde.

Lisboa concentra as principais instituições do setor da Saúde, sendo uma referência a nível nacional, com um posicionamento estratégico no que concerne ao Serviço Nacional de Saúde e dispondo de uma vasta e diversificada rede de infraestruturas e equipamentos, acolhendo diversas empresas ligadas ao sector farmacêutico. 

Lisboa concentra ainda cerca de 32% dos centros de investigação do país e 33% dos médicos. A Fundação Champalimaud, o Instituto Gulbenkian de Ciência e o Instituto Ricardo Jorge são apenas três exemplos da diversidade e relevância deste setor na dinâmica da cidade. 

De referir também o facto de Lisboa estar a passar por um processo de transformação profundo ao nível do seu parque hospitalar, com o encerramento de hospitais antigos situados em zonas centrais da cidade e a abertura de um grande hospital central projetado para a zona oriental da cidade, que será uma âncora importante para que a cidade possa atrair um conjunto diversificado de atores empresariais e de investigação em diferentes áreas das ciências da saúde (empresas farmacêuticas, biotecnológicas, farmacogenómica, equipamento e instrumentação médica, clínicas médicas, entre outros).