Mobilidade, Segurança

Campanha para melhor utilização do espaço público em Lisboa

28, Fevereiro 2019
De 27 de fevereiro a 20 de março, a campanha "Lisboa na Boa" apela à participação de todos para uma mobilidade melhor.
  • Miguel Gaspar na apresentação da campanha "Lisboa na Boa" na reunião pública de câmara
    Miguel Gaspar na apresentação da campanha "Lisboa na Boa" na reunião pública de câmara
  • Campanha "Lisboa na Boa"
    Campanha "Lisboa na Boa"
  • Campanha "Lisboa na Boa"
    Campanha "Lisboa na Boa"

Estacionamento em segunda fila, em lugares reservados a pessoa com deficiência ou para cargas, peões nas ciclovias, bicicletas nos passeios, circulação e estacionamento de trotinetas. Situações de mau uso do espaço público, que todos os dias comprometem a mobilidade nas cidades, e que a câmara quer combater com a campanha "Lisboa na Boa".

Para Miguel Gaspar, a campanha convida à reflexão sobre “a forma de estar na cidade, pensar nos outros, no impacto que têm nos outros”, e deixou exemplos:  “não parar nas segundas filas pelo incómodo que causam aos outros, não andar de bicicleta nos passeios pelo perigo que representam, não andar na ciclovia a pé porque é o espaço da bicicleta.”

O vereador da Mobilidade e Segurança falava no final da apresentação, na reunião pública da autarquia de 27 de fevereiro.

Articulação diária dos serviços municipais

Câmara Municipal, Carris, EMEL, e Polícia Municipal, trabalham, já hoje, em estreita articulação, diariamente, para minimizar o impacto do estacionamento em segunda fila, informou Tiago Farias, presidente da Carris. “Um impacto enorme porque o elétrico, ao contrário de todos os outros veículos, não se pode desviar da via.”

Além da presença na sala de controlo da Carris, a Polícia Municipal, avançou o comandante Paulo Caldas, fiscaliza os percursos das carreiras, de forma a diminuir os “tempos de não operação", causados pelo estacionamento abusivo.

Uma missão que conta com a colaboração da EMEL, responsável pelo estacionamento na cidade. Natal Marques, presidente da empresa, sublinhou a importância de uma "campanha permanente", transmitindo "os princípios básicos da mobilidade e do respeito mútuo."

 

Array
Mais notícias sobre:
Mobilidade, Segurança