Arroios, Intervenção social, Município

Cidadania em Ação

05, Abril 2017
O vereador dos Direitos Sociais, João Afonso, apresentou, no dia 5 de abril, no Largo Residências Café, ao Intendente, o projeto «Modo Portátil | Cidadania em Ação», que vai lançar, através da criação artística, formas de diálogo para a promoção da diversidade e igualdade, na cidade.
  • Cidadania em Ação
    Cidadania em Ação

“Uma forma de dinamizar a arte e a cultura na cidade, como forma de promover a interculturalidade e de garantir mais acesso à cultura e à consciência cívica” referiu o vereador dos Direitos Sociais, João Afonso, num encontro informal com a imprensa, para apresentar o projeto «Modo Portátil | Cidadania em Ação». 

E porque se chama portátil o autarca explicou :“ porque não incide num só local da cidade. Vai expandir-se por vários locais porque se quer uma Lisboa mais humana e fraterna”.

Mayra Andrade, Jorge Palma e Fernando Alvim são três dos embaixadores do «Modo Portátil | Cidadania em Ação», um programa de cidadania ativa promovido pela autarquia em colaboração com a associação Sons da Lusofonia, que vai decorrer em Lisboa. 

Este programa, segundo Carlos Martins, da Sons da Lusofonia, “usa a criação artística para falar de diversidade e, assim, promover a igualdade e as Casas da Cidadania, à semelhança do que já acontece em outras cidades europeias”. O projeto começa de forma local, lançando ideias que são desenvolvidas com atores socioculturais de várias freguesias envolvidas, para depois promover a circulação numa cidade que se quer cada vez mais aberta à participação e à cidadania.

Cidadania em Ação pretende chegar diretamente às pessoas, ir ao seu encontro, desafiando-as a coletivamente concretizar algo de novo, a criar um novo património comum, cuja base é o seu território e tudo o que nele existe.

Trata-se de um projeto solidário que irá ajudar as comunidades e a cidade a viverem desafios de uma forma mais cosmopolita e mais orgânica.

Sobre os padrinhos:

Mayra Andrade nasceu em Cuba, mas é uma cantora cabo-verdiana, reconhecida como uma das mais promissoras da música daquele país.

Jorge Palma- excelência da música portuguesa. Iniciou os seus estudos de piano aos 6 anos, é músico, cantor e grande compositor português.

Fernando Alvim  é um humorista, locutor e apresentador de televisão português.

A Associação Sons da Lusofonia (ASL) surgiu da experiência musical do saxofonista Carlos Martins juntando, inicialmente, artistas de origem africana, brasileira e portuguesa. Desenvolve um trabalho significativo de enriquecimento do património comum aos povos de língua portuguesa. 

Array
Mais notícias sobre:
Arroios, Intervenção social, Município