Avenidas Novas, Investir, Município

Investidores de todo o mundo reúnem em Lisboa

06, Junho 2017
Lisbon Investment Summit, reúne em Lisboa, dias 6 e 7 de junho, investidores de todo o mundo. Mais de 1.800 participantes, 200 investidores, 100 oradores, e 500 startups de 35 países diferentes, são esperados na capital.
  • Conferência Lisbon Investment Summit no Pavilhão Carlos Lopes
    Conferência Lisbon Investment Summit no Pavilhão Carlos Lopes
  • Conferência Lisbon Investment Summit no Pavilhão Carlos Lopes
    Conferência Lisbon Investment Summit no Pavilhão Carlos Lopes
  • Conferência Lisbon Investment Summit no Pavilhão Carlos Lopes
    Conferência Lisbon Investment Summit no Pavilhão Carlos Lopes
  • Conferência Lisbon Investment Summit no Pavilhão Carlos Lopes
    Conferência Lisbon Investment Summit no Pavilhão Carlos Lopes
  • Conferência Lisbon Investment Summit no Pavilhão Carlos Lopes
    Conferência Lisbon Investment Summit no Pavilhão Carlos Lopes
  • Conferência Lisbon Investment Summit no Pavilhão Carlos Lopes
    Conferência Lisbon Investment Summit no Pavilhão Carlos Lopes

A conferência Lisbon Investment Summit (#LIS'17), reúne em Lisboa, dias 6 e 7 de junho, investidores, empresários e executivos de todo o mundo. Durante dois dias, "mais de 1.800 participantes vão cruzar-se com 200 investidores, mais de 100 oradores de topo e 500 startups, de 35 países diferentes", na sexta edição da cimeira.

Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, acompanhado do vice-presidente Duarte Cordeiro, encerrou a sessão de boas vindas aos conferencistas, no renovado Pavilhão Carlos Lopes. A abertura, esteve a cargo de Pedro Rocha Vieira, CEO da Beta-i, organizadora do evento, em parceria com a câmara.

O autarca, que se dirigiu aos conferencistas em inglês, apresentou Lisboa como "uma cidade aberta e tolerante", manifestando a convicção que a "primeira vítima da intolerância e do encerramento de fronteiras é a inovação". Numa cidade em que convivem mais de 100 nacionalidades, Medina reiterou o compromisso de "manter Lisboa uma cidade tolerante e diversificada", em que as pessoas se sintam bem.

Apostando nas características únicas da cidade, o presidente manifestou, em nome da autarquia, a disponibilidade para apoiar todos os investidores que nos procuram, "sem ditar regras", contrariamente a modelos de outros países. "Não queremos copiar outras cidades", nem ser um novo Silicon Valley.

Lisboa é, por estes dias, o lugar onde as melhores startups se encontram e recrutam, e onde os principais investidores se reúnem, afirma a organização.

Rocha Vieira, responsável da aceleradora portuguesa de negócios Beta-i, criada em 2010, em Lisboa, "uma cidade onde todos querem estar", revelou que esta sexta edição deverá contar com o dobro das inscrições do ano passado. Para este sucesso, afirmou, muito contribuiu a dinâmica gerada pela Web Summit, em 2016, que "posicionou Lisboa no centro do mundo"

Array
Mais notícias sobre:
Avenidas Novas, Investir, Município