Cultura e Lazer, Município, Urbanismo

Investimento na cultura é prioridade para Lisboa

13, Dezembro 2016
" A cultura é um dos fatores chave para manter a dinâmica de crescimento da cidade, e a autarquia vai continuar a investir nesses ativos" garantiu o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa na conferência "Património Cultural - Empreendedorismo e Itinerâncias" que teve lugar hoje, dia 13 de dezembro, na Fundação Árpád Szenes-Vieira da Silva.

Organizada pela Fundação PLMJ, coube a Fernando Medina as honras de abertura do encontro numa intervenção onde o Presidente fez questão de realçar a aposta do executivo na valorização nos elementos culturais da cidade.

Medina fez questão de lembrar que os investimentos resultantes das receitas da taxa turística irão financiar quase exclusivamente projetos culturais, onde a reconstrução do Palácio da Ajuda, a recuperação da Gare Sul-sueste ou a dinamização do Museu do Azulejo são apenas alguns dos exemplos.

O presidente da CML não tem dúvidas que os ativos culturais de Lisboa são elementos de afirmação política e económica da cidade perante o mundo garantindo que a autarquia que dirige irá continuar a investir nestas áreas nos momentos certos.

 "Regime jurídico de classificação do património cultural imóvel" e "Património cultural mundial português e/ou tráfico ilícito de património cultural e as orientações da UNESCO" foram ainda outras temáticas abordadas na conferência com conta ainda com as intervenções do diretor do Museu Nacional de Arte Antiga, de Ana Martinho, presidente do Conselho Consultivo da Comissão Nacional da Unesco ou de Emílio Rui Vilar,Administrador não-executivo da Fundação Calouste Gulbenkian.

 

 

 

 

 

 

Array
Mais notícias sobre:
Cultura e Lazer, Município, Urbanismo