Arroios, Município, Santa Maria Maior

Procissão Nossa Senhora da Saúde

12, Maio 2014
  • Nossa Senhora da Saúde
    Nossa Senhora da Saúde
  • Nossa Senhora da Saúde
    Nossa Senhora da Saúde

A procissão de Nossa Senhora da Saúde, a mais antiga de Lisboa, realizada pela primeira vez em 1570 na Mouraria, à época Freguesia de São Sebastião da Mouraria, saiu mais uma vez à rua no passado dia 11 de maio.

Milhares de pessoas, hoje como então, saíram à rua para prestar culto a Nossa Senhora da Saúde, uma devoção que começou quando os artilheiros de São Sebastião, que ocupavam a pequena ermida da Mouraria, fizeram um voto a Nossa Senhora para que terminasse a grande peste em Lisboa, o que veio a acontecer pouco tempo depois. Em agradecimento, a procissão saiu à rua pela primeira vez a 20 de abril de 1570.

António Costa, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, João Afonso, vereador dos Direitos Sociais, bem como presidentes das Juntas de Freguesia locais, acompanharam a procissão que durante toda a tarde percorreu as ruas das freguesias de Arroios e Santa Maria Maior. 

Na procissão, que Amália Rodrigues eternizou no fado “Há festa na Mouraria”, seguiam também os andores de Santo António e São Sebastião, e a imagem de São Jorge que saiu da Igreja do Castelo, transportada por militares da GNR a cavalo, e se juntou à procissão que seguia por ruas enfeitadas de rosmaninho, acompanhada por crentes que pagavam as suas promessas, uma tradição que não se perdeu.

Militares dos três ramos das forças armadas e agentes da Policia de Segurança Pública, transportavam as imagens, seguidos por membros de todas as paróquias da cidade, e pela banda da PSP, enchendo por completo o percurso entre o Largo do Martim Moniz, Rua do Benformoso, Largo do Intendente, Avenida Almirante Reis, Rua da Palma, Rua Dom Duarte, Praça da Figueira, Rua dos Condes de Monsanto, Poço do Borratem e Rua do Arco do Marquês de Alegrete, terminando no Largo do Martim Moniz, com uma bênção à cidade com o Santo Lenho.

Array
Mais notícias sobre:
Arroios, Município, Santa Maria Maior