Pagina principal
Urbanismo e obras » Obras de edificação e demolição » Legalização em Áreas Urbanas de Génese Ilegal (AUGI)

Legalização em Áreas Urbanas de Génese Ilegal (AUGI)

São consideradas Áreas Urbanas de Génese Ilegal (AUGI) os prédios ou conjuntos de prédios contíguos que, sem a licença de loteamento, quando legalmente exigida, tenham sido objecto de operações físicas de parcelamento destinadas à construção até à data da entrada em vigor do Decreto-Lei n.º 400/84, de 31 de dezembro, e que, nos respectivos planos municipais de ordenamento do território (PMOT), estejam classificadas como espaço urbano ou urbanizável (Lei n.º 91/95 de 2 de setembro, Republicação pelo artigo 5.º da Lei n.º 64/2003, de 23 de agosto).

São ainda considerados AUGI os prédios ou conjuntos de prédios parcelados anteriormente à entrada em vigor do Decreto-Lei n.º 46 673, de 29 de Novembro de 1965, quando predominantemente ocupados por construções não licenciadas.

De acordo com este regime jurídico, é consubstanciado um regime excepcional para a reconversão urbanística das AUGI, que passa pela legalização destas construções.

Consulte  aqui (1.2 MB) a planta de delimitação das Áreas Urbanas de Génese Ilegal (AUGI).

Sempre que a legalização implique realização de obras, deverão ser entregues os projetos de especialidades adequados ao tipo de intervenção, de acordo com a informação e formulário dos projetos de especialidades disponíveis  aqui


Mais informações



Última atualização: 14/06/2019

O pedido pode ser feito presencialmente na Loja Lisboa - Entrecampos, mediante o preenchimento de formulário próprio e a entrega dos documentos necessários.