Início » Viver » Ambiente » Biodiversidade » Flora da Cidade

Flora da Cidade

Spartium junceum ginesta

Em Lisboa existem mais de 400 mil árvores pertencentes a mais de 100 espécies diferentes e centenas de espécies de arbustos e herbáceas. Todo este património vegetal desempenha um papel extremamente importante na manutenção da qualidade do ar e funciona como habitat da fauna (em especial aves e insetos) sendo, por isso, um elemento crucial no equilíbrio ecológico da Cidade.

Podemos encontrar árvores autóctones e árvores exóticas. As primeiras são naturais de Portugal, estando melhor adaptadas às suas condições (exigem menos cuidados, são mais resistentes a pragas e doenças, consomem menos água...). As exóticas são oriundas de outras zonas do mundo mas nas condições atlântico-mediterrâneas da cidade de Lisboa, também se desenvolvem, exigindo, no entanto, um maior cuidado em termos de manutenção.

Exemplos de espécies arbóreas mais comuns

  •     Plátano
  •     Palmeira-das-canárias
  •     Olaia
  •     Pinheiro-manso
  •     Ameixoeira-de-jardim
  •     Acácia-bastarda
  •     Bordo
  •     Castanheiro-da-índia
  •     Magnólia
  •     Cipreste-comum
  •     Bôrdo-comum
  •     Choupo
  •     Freixo
  •     Tília-prateada
  •     Lodão
  •     Jacarandá

Espécies arbustivas mais comuns nos jardins

  • Loendro
  • Folhado
  • Alfenheiro
  • Lantana
  • Sanguinho-das-sebes
  • Piracantha
  • Romanzeira-de-jardim