Abriu em Alvalade o jardim e parque hortícola Aquilino Ribeiro Machado

Maio 16, 2017
Array

É um corredor verde pedonal que liga a Avenida do Brasil e a Alta de Lisboa, são cerca de 25 mil metros quadrados de espaço verde, conta com uma área de fitness e duas zonas de estadia, oferece mais 33 talhões para cultivo em hortas urbanas e tem o nome do primeiro presidente do município de Lisboa após o 25 de abril de 1974. O novo parque é para o vereador com a Estrutura Verde, José Sá Fernandes, uma vitória assinalável e foi aberto em 16 de maio, numa cerimónia que contou ainda com o presidente da Junta de Freguesia local, André Caldas, o presidente do Laboratório nacional de Engenharia Civil (LNEC) Carlos Pina, e o filho do homenageado, Aquilino Machado. 

O resultado de uma tripla parceria pública que junta Câmara Municipal, Junta de Freguesia e LNEC, sublinhou José Sá Fernandes, que enfatiza a importância das ligações verdes “para unir bocados da cidade”. Neste caso a união é entre a Alta de Lisboa e a zona de Alvalade e o vereador convoca o trabalho que tem vindo a ser levado a cabo nesta área. 

“Hoje é fácil irmos à Alta do Lumiar e às pessoas virem da Alta do Lumiar para aqui”, diz, para frisar que “isto é fazer cidade”, lembrando ainda que com novos 33 talhões de hortas criadas naquele parque são mais de seis centenas e meia de espaços hortícolas criados em Lisboa. Mas “vamos ter que fazer mais”, remata. 

José Sá Fernandes lembra que pela primeira vez uma capital do sul da Europa é finalista ao prémio Capital Verde 2019, e essa é uma honra que cabe a Lisboa. “Ser finalista já é uma vitória, se ganharmos… bom, eu devo desaparecer durante mais de uma semana, porque vou andar nas nuvens”, diz com ar sonhador. 

E o sonho, com projetos, não termina para oi vereador, que anuncia estar para breve a conclusão do Campo Grande Norte, que permite a ligação da cidade Universitária à mata de Alvalade. “E assim fazemos Lisboa”, insiste, prevendo que em Setembro poderá estar, eventualmente, feita a ligação aos Olivais e a Marvila.

No final da cerimónia foram oferecidos vasos com sementes aos hortelãos para as suas primeiras plantações, seis dos talhões são destinados a viveiros da Junta de Freguesia de Alvalade, que aí fará a sementeira e propagação de arbustos para colmatar a necessidade de replantações e retanchas nos espaços verdes da freguesia.

A construção do parque jardim e parque hortícola Aquilino Ribeiro Machado foi iniciada em setembro do ano passado, com a plantação simbólica de uma árvore.