EB1 dos Coruchéus requalificada

30, Novembro 2018
A EB1 dos Coruchéus, em Alvalade, foi ampliada e requalificada.
Array

Com um investimento de 1,6 milhões de euros, a EB1 dos Coruchéus foi completamente requalificada. Fernando Medina, presidente da Câmara de Lisboa, e Manuel Grilo, vereador com o pelouro da Educação, visitaram o estabelecimento onde estudam cerca de 150 crianças, divididas por sete turmas do 1º ciclo.

As obras envolveram a beneficiação parcial do edifício escolar, a construção de instalações sanitárias e de um bloco autónomo para cozinha e refeitório, bem como o arranjo de todos os espaços exteriores. A escola, cujas obras foram cofinanciadas no âmbito do Pacto 2020, tem também uma biblioteca com sala de leitura, um polidesportivo com balneários e vestiários, hortas pedagógicas e um recreio exterior coberto.

Na ocasião, Fernando Medina lembrou que a qualidade das instalações dos estabelecimentos de ensino "são essenciais para o sucesso educativo”. Manuel Grilo, por sua vez, adiantou que em 2019 a CML vai continuar a apostar “neste processo de reconstrução de escolas”, mas também no seu equipamento, designadamente em mobiliário, computadores e acesso à internet.

A antiga Escola Primária 151, como era conhecida, foi o terceiro estabelecimento escolar a ser criado no bairro de Alvalade. Com projeto original do arquiteto Luís Américo Xavier, a escola foi inaugurada em 1950, sendo o primeiro equipamento do género a ser construído em blocos de betão. Já nos anos 60 e 70 a escola ficou conhecida em todo o país por ali ter funcionado a antiga Telescola, cujas emissões eram feitas pela RTP a partir dos emissores do Monte da Virgem, em Vila Nova de Gaia.