Investimento do Programa BIP/ZIP 2019 ultrapassa os 2 M€

08, Outubro 2019
Já são conhecidos os primeiros projetos da edição deste ano do Programa dos Bairros e Zonas de Intervenção Prioritária de Lisboa (BIP/ZIP).
  • Apresentação dos primeiros projetos da edição 2019 do Programa dos Bairros e Zonas de Intervenção Prioritária de Lisboa (BIP-ZIP).
    Apresentação dos primeiros projetos da edição 2019 do Programa dos Bairros e Zonas de Intervenção Prioritária de Lisboa (BIP-ZIP).
  • Apresentação dos primeiros projetos da edição 2019 do Programa dos Bairros e Zonas de Intervenção Prioritária de Lisboa (BIP-ZIP).
    Apresentação dos primeiros projetos da edição 2019 do Programa dos Bairros e Zonas de Intervenção Prioritária de Lisboa (BIP-ZIP).
  • Apresentação dos primeiros projetos da edição 2019 do Programa dos Bairros e Zonas de Intervenção Prioritária de Lisboa (BIP-ZIP).
    Apresentação dos primeiros projetos da edição 2019 do Programa dos Bairros e Zonas de Intervenção Prioritária de Lisboa (BIP-ZIP).
  • Apresentação dos primeiros projetos da edição 2019 do Programa dos Bairros e Zonas de Intervenção Prioritária de Lisboa (BIP-ZIP).
    Apresentação dos primeiros projetos da edição 2019 do Programa dos Bairros e Zonas de Intervenção Prioritária de Lisboa (BIP-ZIP).
  • Apresentação dos primeiros projetos da edição 2019 do Programa dos Bairros e Zonas de Intervenção Prioritária de Lisboa (BIP-ZIP).
    Apresentação dos primeiros projetos da edição 2019 do Programa dos Bairros e Zonas de Intervenção Prioritária de Lisboa (BIP-ZIP).

Foram hoje apresentados os projetos Energia BIP/ZIP, para a zona oriental da cidade. A cerimónia, que incluiu a assinatura dos protocolos entre o município de Lisboa e os parceiros BIP/ZIP, decorreu no Centro Comunitário do Bairro Alfredo Bensaúde.

Paula Marques, vereadora da Habitação, assinalou a importância da rede de parcerias estabelecida neste programa, que tem permitido "pensar, discutir e propor intervenções nas novas comunidades". Um trabalho "a longo prazo, mas do qual me orgulho muito", disse a vereadora.

Nesta edição do programa participam 135 entidades (49 promotoras e 86 parceiras), que vão desenvolver cerca de 300 atividades, em 53 territórios prioritários.

O investimento de1,6 M€ por parte da autarquia, combate o abandono escolar dos mais novos, e aposta na formação de idosos em processos digitais, na compostagem e na agricultura biológica.

O financiamento da autarquia, para os 44 projetos deste ano, atinge 1.6 M€ (497.273 € em 2019, e 1.160.299 € em 2020), a que se junta ainda o valor de 523.025 €, angariado pelos parceiros. No total, são 2.1 M€ ao serviço das comunidades dos territórios de intervenção prioritária.

Dez anos

A última sessão de assinatura de protocolos, em 12 de outubro, foi destinada às zonas ocidental e centro da cidade e Paula Marques lembrou que o programa Bip Zip completa em 2020 dez anos de existência. Uma década que, disse, deixou marcas em Lisboa.

"O programa Bip Zip não é um programa para resolver os problemas estruturais da cidade de Lisboa", afirmou a vereadora, "tem uma outra função: a de fazer ignição nas comunidades a vontade de discutir em conjunto, a vontade de construir a vontade de criar movimento reivindicativo sobre o que as pessoas pretendem melhorar e mudar nos seus territórios."


 

É, sublinha, essa a marca